Adolescente cria novo teste de HIV mais rápido e barato

Por Redação | 23.05.2014 às 08:50

Mais rápido e mais barato, o novo teste de HIV desenvolvido por uma estudante canadense de 15 anos chamou a atenção de toda a comunidade científica. As informações são do site iflscience.

Nicole Ticea é aluna do ensino médio no York House School, um colégio particular para garotas em Vancouver. Como parte de um programa colaboracional com a Simon Fraser University ela desenvolveu um novo teste baseado na amplificação isotérmica de ácidos nucléicos. Ao invés de procurar por anticorpos, que só surgem depois que o corpo começa a reagir contra a infecção, o dela “amplia” o vírus. Isso reduz a janela de tempo necessária para detectar a doença. Na prática, basta colocar apenas uma gota de sangue sobre um microchip, que é possível obter uma resposta quase instantânea para o diagnóstico da doença, um processo quase tão simples quanto um teste de gravidez daqueles vendidos em farmácia.

O exame ainda tem um longo caminho de avaliações a ser percorrido até que possa ser comercializado. E apesar de já existirem mecanismos semelhantes, nenhum é 100% efetivo, o que leva à necessidade de se utilizar técnicas diferentes como a da jovem estudante.

O projeto de Ticea ganhou o primeiro lugar no Desafio BioGENEius Regional da Universidade de Columbia este ano. E foi também um dos doze competidores na Feira Internacional de Ciência e Engenharia da Intel.