Inteligência Artificial da Microsoft é um dos destaques no CIAB 2017

Por Redação | 07 de Junho de 2017 às 14h35

Entre as novidades apresentadas pela Microsoft no Ciab FEBRABAN 2017 está uma solução para as organizações financeiras que buscam evitar fraudes. Baseada em análise de biometria comportamental com inteligência artificial no Azure, o sistema é capaz de detectar possíveis tentativas fraudulentas e já está disponível no Brasil.

Batizado como Biocatch, a solução utiliza aprendizagem de máquina para conhecer os padrões de comportamento do usuário durante suas navegações na web. Dessa forma, o sistema consegue aprender as ações do cliente, como a sua forma de arrastar o mouse ou tocar no smartphone, criando uma assinatura cognitiva para cada usuário. Com base nisso, ao identificar diferenças comportamentais, o Biocatch envia um alerta para a TI do banco para que a instituição tome providências para evitar a fraude.

“Nossa nuvem permite que a Biocatch cruze mais de 500 variáveis para apontar uma fraude, como velocidade de arrastar o mouse e a forma de navegação, horários, inclinação do dispositivo ao digitar ou arrastar objetos, as nuances de movimento do mouse ou mesmo velocidade e padrão de digitação”, explicou Adriano Bottas, líder da Microsoft Brasil para o setor financeiro.

Além do serviço de inteligência artificial, a Microsoft também está levando para instituições financeiras suas soluções em nuvem para blockchain. A ideia é que empresas públicas ou privadas criem no Azure seus próprios laboratórios de testes em blockchain. Para mostrar o funcionamento da iniciativa no evento, a gigante da tecnologia desenvolveu um aplicativo chamado BitPoints, que permite que os usuários acumulem tokens durante suas visitas aos estandes e os troquem por prêmios, como um Xbox. Outra possibilidade é a transferência dos tokens para outros usuários, simulando pagamentos utilizando Blockchain.

“A transformação digital é uma tendência e a Microsoft tem investido em diferentes soluções para que as empresas possam se adequar a este novo momento global. O Blockchain é uma das mudanças mais significativas e, nesse contexto, a Microsoft tem papel fundamental para garantir ao mercado uma forma transparente para monitorar digitalmente a propriedade dos ativos e oferecer um ambiente seguro e flexível na plataforma de nuvem Azure”, finalizou Bottas.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.