Brasileiro poderá usar cartão de débito para comprar carro ainda este ano

Por Redação | 22.06.2016 às 17:05
photo_camera FIPCEQ

A Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços) afirmou hoje (22) que está com estudos avançados e vai tentar implementar ainda neste ano um modelo que viabilize um maior uso de cartão de débito em compras de valor mais elevado, como um automóvel. O anúncio foi dado por Marcelo Noronha, presidente da entidade, durante a CIAB 2016, realizada Febraban (Federação Brasileira de Bancos).

"Se possível, vamos colocar em prática este ano", disse Noronha. "Os estudos estão avançados, mas há desafios sob o ponto de vista de custo e taxas." Uma das possibilidades em estudo é a taxa cobrada de transações de valor mais elevado ter uma parte fixa e outra proporcional.

Atualmente, o tíquete médio do cartão de débito no Brasil é de R$ 60. O presidente da Abecs, reafirmou que, para 2016, a entidade espera alta de 6,5% no volume transacionado por cartões no país. Se esse desempenho for confirmado, o setor seguirá em trajetória de desaceleração, afetado pela crise econômica no país. Em 2015, o segmento de cartões apresentou alta nominal de 8,4% em relação a 2014.

Até quinta-feira (23), a CIAB 2016 abordará financeiros da área de TI do país. O evento, que acontece na cidade de São Paulo, reunirá cerca de 200 palestrantes que irão abordar os mais diversos temas ligados à tecnologia bancária. Segundo a organização do evento, a expectativa é receber mais de 20 mil visitantes durante os três dias de evento.

Via Estadão