CES 2020 | Withings anuncia que seu novo smartwatch pode detectar apneia do sono

Por Fidel Forato | 06 de Janeiro de 2020 às 23h30
Whitings

Maior feira de tecnologia do mundo, a CES 2020 também apresenta produtos que alinham inovação e saúde. E disputando esse espaço com os wearables, a Withings anunciou que seu novo smartwatch, o ScanWatch, será capaz de detectar a apneia do sono - quadro crônico que obstrui as vias áreas do individuo, enquanto ele dorme. 

Segundo dados da empresa, oito em cada dez pessoas com o distúrbio do sono não sabem que a têm, ou seja, a tecnologia tem grande potencial. E mesmo que não seja exatamente um dispositivo médico, esses recursos poderiam, em tese, ajudar os mais de 18 milhões de americanos que sofrem da doença, de acordo com números da National Sleep Foundation.

Novo relógio inteligente ScanWatch pode detectar apneia do sono em seus usuários (Foto: Divulgação/ Whitings)

"O ScanWatch é o nosso rastreador médico mais ambicioso e projetado especialmente para detectar a presença precoce de fibrilação atrial e apneia do sono - dois problemas relacionados, que são extremamente comuns, mas amplamente não diagnosticados, apesar do impacto conhecido em várias condições de saúde", explica Mathieu Letombe, CEO da Withings .

“Usado durante o dia e a noite, o ScanWatch fornece um sistema de alerta precoce, coletando e compartilhando dados críticos de saúde com os usuários e seus médicos”, complementa o CEO da marca sobre as funcionalidades do novo relógio inteligente.

ScanWatch em detalhes

O sistema do ScanWatch usa um sensor de SpO2, que emite e absorve uma onda de luz que passa pelos vasos sanguíneos do usuário. Durante toda a noite, esse sistema mede e acompanha os níveis de saturação de oxigênio, procurando identificar quando os níveis estão inadequados devido a distúrbios respiratórios, como apneia do sono. Quando não tratada e em casos extremos, a apneia pode levar a uma série de problemas, como derrames e insuficiência cardíaca.

Esse é um problema que diferentes fabricantes de relógios inteligentes estão buscando resolver com os wearables. A Fitbit, por exemplo, anunciou publicamente suas intenções em incluir essa funcionalidade para seus próximos dispositivos. No entanto, a empresa, que já realizou estudos públicos, ainda não oferece essa opção.

Como outros dispositivos recentes, o ScanWatch também inclui a detecção de ritmo cardíaco irregular, como a fibrilação atrial, através de um scanner de ECG integrado. Além disso, como em outros rastreadores de sono da Withings, o ScanWatch possui recurso de despertador inteligente que acorda os usuários com alarmes de vibração no momento ideal do ciclo de sono.

Como os modelos Withings anteriores, este é um híbrido com uma face analógica e uma pequena tela que oferece feedback de saúde e notificações para o usuário. No entanto, o novo modelo traz uma potente bateria que, como anunciado, pode durar até 30 dias longe do carregador.

O ScanWatch chegará no segundo trimestre de 2020, a princípio, na Europa e nos Estados Unidos por US $ 249 (R$ 1.011).

Fonte: TechCrunch via Withings Newsroom

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.