Razer lança notebook com três monitores acoplados

Por Redação | 05 de Janeiro de 2017 às 16h20

A CES, maior feira anual de eletrônicos de consumo do mundo, sempre é palco de muitas novidades interessantes – e algumas muito doidas também. O evento funciona como uma espécie de vitrine gigante para que as empresas mostrem do que são capazes, o que significa que nem sempre tudo o que aparece por lá vai chegas às suas mãos um dia.

Deixando esse "pessimismo" de lado, nesta quinta-feira (05) a Razer aproveitou o espaço em Las Vegas para mostrar um conceito de notebook com três displays acoplados. O laptop multimonitor foi batizado como Project Valerie e tem como objetivo estabelecer um novo padrão de imersão para entretenimento e oferecer diversas possibilidades para usuários de computadores portáteis.

O notebook é o primeiro do mundo a trazer tantos monitores acoplados – todos IGZO de 17,3 polegadas com resolução 4K e tecnologia NVIDIA G-SYNC, que produz imagens com frame rates de máxima fluidez e expande a área de jogo em até 180° graças à tecnologia NVIDIA Surround View.

Além de agradar os gamers, o novo sistema também é ideal para profissionais de criação, que terão 100% de precisão na reprodução da paleta de cores Adobe RGB e o maior espaço de tela para a utilização simultânea de diversos programas, de acordo com a Razer.

“As complexidades de um sistema tradicional multimonitor não existirão no Project Valerie”, disse o CEO e cofundador da Razer Min-Liang Tan. “Tão importante quanto as facilidades de uso, vale destacar que o Project Valerie terá o poder de um computador de mesa e os recursos gráficos de três monitores top de linha. Ou seja, a portabilidade e os recursos únicos do sistema não prejudicarão de forma alguma o seu desempenho”.

O Project Valerie tem os mesmos recursos profissionais do notebook Razer Blade Pro de 17 polegadas e, assim como os mais recentes sistemas lançados pela Razer, o Project Valerie é equipado com uma placa de vídeo GeForce GTX 1080 da NVIDIA que supera os requisitos mínimos exigidos por dispositivos de realidade virtual como HTC Vive e Oculus Rift, tornando-o um dos computadores mais preparados para usuários, entusiastas e desenvolvedores dessa tecnologia.

O noetbook tem uma estrutura de alumínio de apenas 3,8cm de largura, pesa menos de 5,5kg e vem com um adaptador AC. Além disso, conta com o mesmo sistema de controle de temperatura presente no Razer Blade.

Mais uma vez, lembramos que esse é apenas um conceito. No entanto, levando em consideração que o novo Blade Pro custa a partir de US$ 3.700, o Project Valerie poderia ser vendido por, pelo menos, US$ 6.000 caso fosse realmente lançado no mercado.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.