Siga o @canaltech no instagram

CES 2019 | Blackberry vai empregar tecnologia de segurança em smart speakers

Por Rafael Arbulu | 09 de Janeiro de 2019 às 09h10
Tudo sobre

BlackBerry

Saiba tudo sobre BlackBerry

Ver mais

Em setembro de 2018, o Canaltech publicou nota falando de uma pesquisa que constatou a falta de confiança dos usuários em smart speakers, sob medo de que estes dispositivos estivessem ouvindo as conversas de seus proprietários e, efetivamente, violando as suas privacidades. A mesma pesquisa vem sendo usada pela BlackBerry como justificativa para lançar a sua “Blackberry Secure Technology” para este tipo de produto. O anúncio da empresa, feito durante a consumer Electronics Show 2019 (CES), promete trazer maior segurança aos usuários destas tecnologias.

Já disponível, o serviço estabelece uma relação entre a Blackberry e as fabricantes dos smart speakers: por meio de um pack de segurança inserido diretamente no hardware do alto falante, a empresa canadense injetará uma chave de identificação e serviço, a ficar armazenada em seus servidores. Tal chave é verificada no momento em que o speaker é ligado (e, automaticamente, checagens periódicas também serão feitas ao longo do ciclo de vida do aparelho), comparando-a com a chave salva nos servidores. Se não houver uma combinação perfeita das chaves, o aparelho vai desligar.

Blackberry quer que dispositivos como o Amazon Echo utilizem a sua tecnologia de segurança para trazer conforto aos clientes quanto às suas privacidades

Segundo Alex Thurber, vice-presidente sênior e gerente geral de soluções de mobilidade da Blackberry, “fabricantes de dispositivos ‘IoT’ [internet of things, internet das coisas] podem atacar preocupações de privacidade e segurança diretamente e se destacarem no espaço ‘atravancado’ da indústria de IoT ao trazer ao setor produtos ultra-seguros que consumidores, varejistas e empresas vão querer comprar e usar”.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

O executivo ainda seguiu em suas declarações, dizendo que “este novo serviço é um ponto chave na estratégia de licenciamento de software da empresa e reflete a evolução da Blackberry, de trazer os mais seguros smartphones para a entrega desta segurança em todas as coisas ‘smart’”.

É importante ressaltar que dispositivos que passem pela checagem da chave da Blackberry terão a certificação da empresa atestando a confiabilidade do produto. Entretanto, a Blackberry não informou quais serão os critérios de avaliação que pretende utilizar para chamar um smart speaker de “seguro” — o que afere a uma nova dúvida: o que a Blackberry saberá dos seus dados por meio deste dispositivo?

Fonte: Techradar

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.