CES 2019 | Aparelhos para tradução simultânea viram tendência no evento

Por Rafael Rodrigues da Silva | 10 de Janeiro de 2019 às 15h41

Antes algo exclusivo de obras de ficção como Star Trek, graças aos avanços no setor de IA e de computação em nuvem os aparelhos de verdadeira tradução em tempo real estão cada vez mais próximos de chegarem ao mercado, em variedade de marcas e modelos indo muito além dos Pixel Buds, da Google. E isso pôde ser visto durante a CES 2019, onde diversas empresas apresentaram novas tecnologias que devem solucionar os problemas de comunicação entre pessoas que não falam a mesma língua.

Um desses produtos é o Pilot, um par de fones de ouvido sem fio desenvolvido pela Waverly Lab que, em conjunto com um app que deve ser instalado no smartphone, o aparelho consegue traduzir praticamente em tempo real (com delay de cerca de um segundo apenas) qualquer conversa em até 15 línguas. Quando não está sendo utilizado como tradutor ele funciona como um fone sem fio comum, sendo possível usá-lo para ouvir música ou atender ligações no telefone.

O aparelho pode ser comprado por preços a partir de a partir de U$180 e segundo Andrew Ochoa, CEO da Waverly Labs, cerca de 35 mil unidades já foram vendidas em menos de um ano, principalmente para hotéis e comércios em cidades turísticas, que tem a necessidade de atender clientes de diferentes nacionalidades e que nem sempre falam a língua do país.

Outro produto de tradução mostrado na CES 2019 foi o Pocketalk, um aparelho desenvolvido pela japonesa Sourcenext e que a empresa espera que se torne um sucesso durante as Olimpíadas de 2020 em Tóquio.

O aparelho, que lembra os primeiros modelos de smartphone, consegue reconhecer e traduzir em tempo real até 74 línguas diferentes, e utiliza tecnologia de aprendizado de máquina para se adaptar ao usuário, conseguindo reconhecer diferentes sotaques e melhorar o entendimento das frases quanto mais o usuário o utilizar.

O aparelho já está sendo vendido por US$ 229 a unidade e, segundo o representante da Sourcenext, Richard Gallagher, já foi muito vendido para hotéis, restaurantes, lojistas e taxistas de Tóquio que já estão se preparando para o aumento de estrangeiros na cidade durante as Olimpíadas no ano que vem.

Outro aparelho de tradução que apareceu no evento deste ano foi o Translator 2.0, da chinesa iFlytek, que consegue traduzir frases do chinês para outras 30 línguas e também possui algumas funções de assistente virtual, podendo informar a previsão do tempo no local da viagem ou iniciar conexões de videoconferência com outros usuários, e pode ser encontrado nas lojas por um preço a partir de US$ 400.

Além dos aparelhos feitos especialmente para fins de tradução, a Google também anunciou durante o evento desde ano que irá adicionar uma função intérprete ao Google Assistente, que permitirá que a IA da empresa traduza em tempo real conversas em mais de 20 idiomas. Pelo jeito, uma das tendências da tecnologia durante os próximos anos será derrubar de vez as barreiras de idiomas.

Fonte: Phys.org

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.