CES 2018: Intel e Paramount se unem para produção de filmes em realidade virtual

Por Redação | 09 de Janeiro de 2018 às 09h35
Tudo sobre

Intel

Uma nova parceria entre a Intel e a Paramount Pictures promete colocar os espectadores na perspectiva dos atores dentro de um filme. É o que promete a união entre realidade virtual e as produções do estúdio de cinema, que a partir deste ano permitirá que as duas companhias trabalhem juntas para estudarem de que maneira a experiência pode se tornar mais imersiva e interessante para quem assiste.

A novidade foi anunciada pelo CEO da Intel, Brian Krzanich, durante a conferência da empresa na CES 2018, que está acontecendo nos Estados Unidos. No palco, um conceito do que está por vir foi apresentado – em um cenário de faroeste e em meio a um duelo, os espectadores podiam alternar entre diferentes câmeras para assistirem à cena de diferentes ângulos, o que incluiu até mesmo a visão dos atores e também do cavalo de um dos personagens envolvidos na cena.

O objetivo da Intel é utilizar o mesmo conceito de captura de imagens volumétricas que já está em vigor, por exemplo, em suas transmissões esportivas. Câmeras especiais localizadas em pontos específicos registram não apenas as cenas em si, mas também dados tridimensionais, como profundidade, entregando uma espécie de visualização 3D do que está acontecendo.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

É a partir dessa dinâmica que surgiu o conceito apresentado pela Intel e que, em teoria, permitiria que o espectador assumisse a perspectiva dos próprios atores ou de qualquer outro objeto. Claro que tudo depende de que tipo de configuração seria feita pela produtora, e é aí que entra a Paramount, com seu CEO, Jim Gianopulos, também aparecendo no palco da CES 2018 para falar sobre como a realidade virtual deve dar ainda mais asas à criatividade dos diretores.

Para o executivo, a ideia é brilhante, principalmente quando colocada nas mãos de grandes cineastas. Ele não disse nomes, mas afirmou que os resultados já exibidos foram bastante impressionantes justamente devido à união de realidade virtual e habilidades técnicas exibidas pelos profissionais da Paramount.

Como todo conceito desse tipo, é claro, não existe nenhum tipo de previsão de quando as primeiras produções chegarão às mãos do público nem de que maneira isso vai acontecer, apesar de a opção óbvia parecer ser os sistemas digitais de distribuição de conteúdo em VR. A produção cinematográfica com essa tecnologia é uma ideia antiga de muitos envolvidos com a tecnologia, e parece que, agora, essa aplicação deve ir além da criação de salas de cinema virtuais.

Enquanto isso, a Intel continua a desenvolver sua tecnologia de captura de imagens. Durante a CES 2018, a empresa também anunciou que será a responsável pela transmissão em VR das Olímpiadas de Inverno 2018, que começam em fevereiro na China. Desta vez, alguns dos eventos serão transmitidos ao vivo pela empresa, enquanto outros seguem o modo usual de disponibilização sob demanda.

A CES 2018 está acontecendo em Las Vegas, nos Estados Unidos, e vai até o dia 12 de janeiro. O evento abre o calendário anual de novidades tecnológicas e é uma das maiores feiras de produtos para o consumidor de todo o mundo.

Fonte: Intel

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.