CES 2015: Intel apresenta 5ª geração de processadores Core da série Broadwell

Por Redação | 06.01.2015 às 07:00
photo_camera Divulgação

Após um pequeno atraso na promessa de entregar os chips até o final do ano passado, a Intel finalmente revelou a quinta geração de processadores Core, da série "Broadwell". O anúncio ocorreu nesta segunda-feira (5), durante a CES 2015, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Os chips devem começar a aparecer nos próximos meses em laptops e desktops, além de oferecer suporte para dispositivos ainda menores e com maior eficiência energética. Os componentes da família Broadwell agora possuem 14 nanômetros, uma redução de tamanho expressiva em relação aos 22 nanômetros dos antecessores da linha Haswell, lançados no ano passado.

No total, foram 14 novos chips apresentados, que incluem modelos de 15-watt e de 28-watt e das designações de alta-performance, os Core i3, i5. i7, e de entrada, Pentium e Celeron. Em comum, os chips só tem uma coisa: por enquanto, todos possuem apenas dois núcleos.

O foco da nova linha é na performance. De acordo com a Intel, a série traz 35% mais transistores, em um total de 1,3 bilhão. A renderização em 3D foi melhorada em 22%, e a performance de encode de vídeo aumentou em 50%. Outra vantagem dos novos chips é a eficiência no uso de baterias. Segundo a Intel, os novos processadores entregam até uma hora e meia a mais de energia do que a geração anterior de chips Haswell.

Além disso, os chips começam a integrar suporte para novas tecnologias que devem ganhar mais espaço em novos gadgets no futuro próximo. Entre elas está o suporte para métodos de carregamento sem fio e para a tecnologia Wireless Display de resolução de até 4K. Os chips também suportam a tecnologia RealSense, que permite mudanças no foco de uma imagem após a foto ter sido tirada, assim como o assistente de voz da Intel, desenvolvido em parceria com a Nuance.

A Intel já começou a enviar os novos chips Broadwell há alguns meses para seus parceiros da cadeia produtiva, mas ainda não há uma previsão exata de quando os primeiros produtos carregados com esses processadores chegarão ao mercado. A família Broadwell deverá suprir novos modelos de laptops, 2-in-1s, tablets, híbridos e até alguns desktops.