CES 2014: telas com Gorilla Glass serão a prova de bactérias e germes

Por Redação | 07.01.2014 às 14:40

Com a rápida adesão dos usuários aos celulares, muita gente nunca parou para pensar que esses aparelhos podem, na verdade, se tornar verdadeiros inimigos para a nossa saúde. Estudos comprovam que dispositivos móveis, como tablets e smartphones, podem ter mais bactérias que um vaso sanitário, já que estamos em quase todos os lugares com eles – inclusive em banheiros. Então, como resolver esse problema?

A solução vem da Corning, fabricante do Gorilla Glass, que anunciou durante a CES 2014 uma nova geração de displays a prova de bactérias e micróbios. A novidade foi apresentada em julho do ano passado em parceria com um laboratório do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, mas só agora o produto chegará ao mercado. As informações são do CNET.

O Antimicrobial Corning Gorilla Glass é uma tela desenvolvida com prata iônica antibacteriana. O componente é incorporado na superfície do vidro e, de acordo com a companhia, impede o crescimento ou proliferação de algas, mofo, fungos, bolor, micróbios e bactérias, sem danificar a vida útil de um dispositivo ou prejudicar as propriedades mecânicas, ópticas e dielétricas do Gorilla Glass tradicional - como resistência a riscos e quedas, além da visualização de informações na tela e sensibilidade ao touchscreen do aparelho.

"O Gorilla Glass Antimicrobiano inibie o crescimento de algas, fungos, mofo e bactéria", afirmou em nota o vice-presidente da Corning, James R. Steiner. A novidade foi disponibilizada a várias fabricantes que já estão testando a tecnologia em diversos aparelhos e situações para saber, de fato, se o recurso funciona bem. A companhia afirma que o painel antibacteriano pode ser produzido em larga escala e é capaz de repelir até 99,9% dos micro-organismos.

Vale lembrar que esse avanço protege apenas o display do aparelho, enquanto todo o resto fica vulnerável às bactérias. No entanto, a Corning acredita que a tecnologia pode beneficiar não apenas os consumidores comuns de tablets e smartphones, mas também locais onde é preciso ficar ainda mais atento com a higiene, como hospitais e transportes públicos.

Além disso, o painel à prova de micróbios promete ser um dos diferenciais da empresa para combater o cristal de safira, material que tem ganhado força no mercado por ser tão ou mais resistente que o Gorilla Glass. Alguns dispositivos já fazem uso do cristal de safira, como o botão TouchID do iPhone 5S e alguns aparelhos Android de luxo, como os da Vertu.