CES 2014: impressora 3D é usada para criar doces personalizados

Por Redação | 08.01.2014 às 15:45

A tecnologia de impressão 3D, que está revolucionando a criação de produtos, chegou agora também à culinária. A ChefJet é a primeira impressora 3D de artigos comestíveis, utilizando uma pasta de açúcar para criar doces personalizados nos sabores chocolate, cereja, maçã, melancia, baunilha ou menta.

A novidade foi anunciada pela 3D Systems durante a Consumer Electronics Show 2014 e deve chegar ao mercado no segundo semestre, em dois modelos. O mais básico, capaz de imprimir doces monocromáticos com dimensões de 8 cm x 8 cm x 6 cm, vai custar US$ 5 mil (cerca de R$ 12 mil). Já a ChefJet Pro 3D, mais robusta, chega a objetos coloridos com 10 cm x 14 cm x 8 cm e custa o dobro, US$ 10 mil, aproximadamente R$ 24 mil.

O processo de fabricação dos doces é semelhante ao de qualquer outra impressora 3D. Modelos 3D criados pelo usuário ou pré-prontos podem ser utilizados no equipamento desde que, claro, estejam dentro das dimensões suportadas por ele. A ChefJet também acompanha um livro de receitas digital com diversas ideias de iguarias para serem fabricadas instantaneamente.

Apesar da ideia parecer tentadora para qualquer um que aprecie um bom doce, a ChefJet é voltada para profissionais da culinária. Segundo a empresa, o objetivo é auxiliar confeiteiros, boleiros e proprietários de restaurantes na criação de peças únicas que impressionem os clientes e, claro, aumentem os lucros.