CES 2014: Sony revela protótipo para concorrente do Google Glass

Por Redação | 08 de Janeiro de 2014 às 17h49

Quase saídos de um filme de ficção científica, os óculos Oculus Rift e o Google Glass foram dois dos gadgets mais falados do ano passado e já reunem legiões de fãs e consumidores interessados, mesmo ainda um pouco distantes do consumidor final.

E o reflexo desse sucesso pode ser visto na edição deste ano da CES, que agora força grandes empresas a darem suas próprias respostas aos dois produtos. Esse é o caso de dois gadgets revelados pela Sony no evento: o Sony Smart Eyeglass e um upgrade para o seu visor de realidade virtual, o HMZ-T3W Personal 3D Viewer.

Apesar de ainda ser apenas um protótipo, o Smart Eyeglass promete ser uma resposta da japonesa ao sucesso do Google Glass, e já reúne algumas das mesmas funções.

Por enquanto, os óculos funcionam como uma segunda tela para o usuário acompanhar conteúdos extras ao mesmo tempo que assiste a programação da televisão. Em um programa de culinária, por exemplo, é possível receber a receita sendo preparada na TV diretamente na tela dos óculos. Em uma partida de futebol, seria possível receber informações nos óculos, sem ter que desviar o olhar das jogadas que continuariam transmitidas pela TV.

O gadget, no entanto, ainda se encontra em estágio inicial de desenvolvimento e não deve chegar ao consumidor final tão cedo. A Sony não revelou nenhuma data aproximada de lançamento ou preço final do produto.

Lançado originalmente em 2011, o visor de realidade virtual HMZ da Sony já se encontra na segunda geração (HMZ-T3W), mas até agora não integrava uma das funções mais legais trazidas aos gamers pelo pelo Oculus Rift: o rastramento do movimento de cabeça.

A promessa da Sony é resolver isso com um pequeno upgrade de hardware, que vem na forma de um detector de movimento que pode ser encaixado sobre o HMZ-T3W para dar as mesmas capacidades ao gadget.

De acordo com o site PC World, a empresa estava demonstrando o gadget através de um vídeo em realidade aumentada que colocava o usuário em uma perspectiva de primeira pessoa sobre uma moto em alta velocidade. Infelizmente, também não há previsão para o lançamento ou de preço do upgrade para o HMZ-T3W - que, vale ressaltar, já custa US$ 999 por si só.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!