Google rebate acusação de que dispositivo Home envia áudios a outras pessoas

Por Natalie Rosa | 11 de Julho de 2019 às 22h47
Tudo sobre

Google

Saiba tudo sobre Google

Ver mais

Segundo uma denúncia divulgada nesta quarta-feira (10), contratantes da Google teriam acesso aos áudios coletados pelo Assistente nos dispositivos Google Home, sendo então registros que não ficam somente sob o controle da gigante da tecnologia.

Nesta quinta-feira (11), em resposta, a companhia disse que seus especialistas em linguagem transcreviam trechos como "parte crítica do processo de construção da tecnologia de fala". A Google também explicou que os transcritores humanos do Assistente possuem uma melhor compreensão das nuances e sotaques de idiomas específicos, e que apenas 0,2% dos fragmentos de áudio são selecionados.

"Os revisores são orientados a não transcreverem conversas de fundo ou outros ruídos", defendeu-se a empresa. No relatório, foi possível identificar até mesmo atividades no quarto e violência doméstica.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A Google contou também que, com esse procedimento, identificou ruídos ou palavras em segundo plano que são interpretadas como "Hey, Google" para ativar o microfone.

Apesar de se defender, a empresa confirmou que houve uma violação de suas políticas de segurança de dados e vazamento, e que suas equipes internas estão investigando casos específicos para evitar que isso se repita no futuro.

Fonte: 9to5Google

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.