Google Assistente já funciona em mais de cinco mil dispositivos

Por Felipe Demartini | 04 de Maio de 2018 às 10h03
Tudo sobre

Google

A Google anunciou nesta quinta-feira (03) uma marca importante para o Assistente, seu sistema de automação doméstica: ele agora funciona em mais de cinco mil dispositivos. Estão inclusos na conta aparelhos das mais diferentes marcas do mercado da Internet das Coisas, algo que, para a companhia, é fruto de parcerias e de um incremento constante nas funcionalidades da solução.

É um número que mostra, também, crescimento bastante significativo. Em janeiro deste ano, durante a CES, a Google anunciava que havia chegado à marca de 1.500 aparelhos com o Assistente; agora, apenas quatro meses depois, mais do que triplicou esse total, com a força de um mercado que não para de crescer.

Em uma publicação na qual revelou o número, a empresa também aproveitou para celebrar o alcance de sua tecnologia, que permite não apenas a integração entre todos os aparelhos e o controle por voz, mas também a centralização dos comandos em um único aplicativo. Por meio de uma solução própria, o usuário pode fazer de tudo, desde ordenar o desligamento de uma tomada inteligente até modificar o tom de iluminação da sala, escolhendo uma música e garantindo que a cafeteira esteja programada para a hora de acordar no dia seguinte.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

No anúncio, a Google também revelou que o entretenimento é o principal vetor desse crescimento e o recurso mais utilizado por seus usuários. Por meio de aparelhos como o Chromecast ou set-top boxes com Android TV, além de parceiros que possuem suas próprias soluções que integram a tecnologia de transmissão entre dispositivos, a categoria teve crescimento de mais de 400% desde o final do ano passado e é a de maior expansão entre todas as tecnologias domésticas da companhia.

Um dos focos de trabalho, agora, é a intuitividade. O desejo da companhia é que o Assistente não mais necessite que o usuário indique a marca ou fabricante de um dispositivo para que ele possa ser controlado por voz, permitindo que um comando como “abra a Netflix na TV da sala”, por exemplo, seja entendido e suficiente para que a solução faça o solicitado.

Além disso, claro, a expansão dessa iniciativa passa pelo trabalho com as marcas. Neste primeiro semestre, sete novos fabricantes de soluções de segurança como câmeras, trancas inteligentes e alarmes passarão a fazer parte do rol de parceiros do Google Assistente, bem como nomes de outros setores como iluminação e climatização – incluindo, aqui, fabricantes chineses, sempre uma pequena pedra no sapato de quem quer configurar uma casa inteligente conectada e unificada em um único app.

Junto com os cinco mil aparelhos, veio outra marca importante nessa integração: mais de um milhão de comandos diferentes podem ser entendidos pelo assistente de voz. Para a companhia, já é suficiente para todo tipo de automação residencial, mas ainda pouco diante do que a tecnologia é capaz de fazer e, principalmente, abaixo do potencial que a gigante vislumbra para sua solução.

Fonte: Google

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.