Volkswagen terá 6 novas fábricas e empresa exclusiva para baterias

Volkswagen terá 6 novas fábricas e empresa exclusiva para baterias

Por Paulo Amaral | Editado por Jones Oliveira | 03 de Janeiro de 2022 às 13h40
Divulgação/Volkswagen

A Volkswagen não está para brincadeira com relação ao lema “Way to Zero” (A Caminho do Zero) adotado para simbolizar a era dos carros elétricos da montadora. Prova disso foi o primeiro passo oficial da marca em 2022.

A montadora alemã confirmou que terá 6 novas gigafábricas de baterias para carros elétricos distribuídas pela Europa, começando pela de Salzgitter, na Baixa Saxônia (Alemanha), prevista para ser inaugurada em 2025.

Além disso, a Volkswagen informou que abrirá uma nova empresa voltada exclusivamente para cuidar do setor de baterias elétricas, e não somente pelo desenvolvimento de novas células e produtos, mas também da reciclagem das que não têm mais serventia.

“Queremos oferecer aos nossos clientes baterias de veículos potentes, econômicas e sustentáveis, o que significa que precisamos estar ativos em todos os estágios da cadeia de valor da bateria que são essenciais para o sucesso”, afirmou Thomas Schmall, membro do Conselho de Administração de tecnologia na Volkswagen AG e CEO da Volkswagen Group Components.

Volkswagen terá seis gigafábricas de bateria para carros elétricos na Europa (Imagem: Divulgação/Volkswagen)

Suécia terá 2ª gigafábrica

A segunda das 6 gigafábricas de baterias da Volkswagen também já tem local definido. Ela será construída na Suécia em parceria com startup Northvolt AB, que já tem 20% de suas ações nas mãos da marca alemã.

Os outros quatro locais que receberão as fábricas de baterias para carros elétricos da montadora serão definidos em breve e todos deverão estar em funcionamento até 2030, ano estabelecido como prazo pela Volkswagen para ter 70% das vendas concentradas em carros 100% elétricos.

“Agora estamos agrupando nossa energia em Salzgitter, com o objetivo de incentivar a inovação e garantir o apoio dos melhores parceiros para nossa nova empresa no futuro. Já temos uma forte equipe de bateria em Salzgitter composta por 500 funcionários de 24 países - e continuamos a fortalecer esta equipe em nível de liderança”, encerrou o executivo da marca.

Vale lembrar que a montadora alemã anunciou recentemente um trabalho conjunto com o Oak Ridge National Laboratory (ORNL) e a Universidade do Tennessee, Knoxville, no Centro de Inovação do grupo alemão nos Estados Unidos.

A ideia é desenvolver um carregador sem fio de maior potência utilizando designs inovadores, que focalizam as ondas eletromagnéticas para eliminar a interferência e, consequentemente, aumentar a eficiência. Segundo a Volkswagen, nos primeiros testes, um sistema de protótipo mostrou alto nível de eficiência, no qual 98% da energia usada (bobina a bobina) poderia chegar à bateria do veículo.

Fonte: Future Car

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.