Volkswagen resgata clássica Kombi em conceito de van elétrica autônoma

Por Redação | 09 de Janeiro de 2017 às 13h57

A Volkswagen apresentou o conceito do primeiro veículo utilitário elétrico totalmente autônomo chamado I.D. Buzz, que será mostrado no Salão de Detroit 2017, que começa para a imprensa nesta segunda-feira, 9, e para o público em geral, no dia 14 de janeiro.

Com estilo que traz traços dos primeiros modelos de um dos furgões mais famosos do mundo, a Kombi, o I.D. Buzz é um sucessor da essência da famosa van: uma perua pintada em dois tons, no estilo saia e blusa característico da Kombi, em amarelo e prata.

Este é o segundo modelo da família ID - o primeiro é um compacto, apresentado no último Salão de Paris. Até o batismo do veículo é carismático. Buzz é um jogo de palavras, já que tem sua pronúncia parecida com a de Bus, o apelido da Kombi nos Estados Unidos, e a fonética lembra o som de motores elétricos.

Características

O I.D. Buzz tem condução autônoma e dois motores elétricos - um em cada eixo. Somados, eles produzem 374 cavalos. A tração é integral, e a autonomia é de 434 km. Por outro lado, o desempenho não desaponta. A aceleração de 0 a 100 km/h pode ser feita em 5 segundos, com máxima de 160 km/h.

A van utiliza a plataforma MEB, criada especialmente para veículos elétricos. Ela permite que as baterias sejam acomodadas no assoalho, liberando espaço para os passageiros.

Apesar de o veículo ser autônomo, o conceito até possui um volante, mas ele não é nada convencional - nem na forma de usar. Caso o motorista queira, basta um leve empurrão para que a peça seja recolhida. O gesto identifica que a escolha é o modo ID Pilot, totalmente autônomo - a Volks espera que a tecnologia, neste caso, esteja disponível em 2025.

Vale lembrar que este é um conceito de veículo, o que significa que ele possa não ser produzido e lançado ao mercado.

Fonte: VentureBeat

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.