Volvo vai testar 100 carros autônomos na China

Por Redação | 07.04.2016 às 14:40

Muito em breve, uma centena de carros autônomos devem estar circulando pelas estradas da China. O experimento, anunciado pela Volvo, quer colocar os veículos que se dirigem sozinhos para andarem em condições cotidianas de trânsito, em autoestradas e vias expressas. O local em si ainda não foi definido, com a montadora ainda em busca das autorizações e regulamentações necessárias para definir esse aspecto. Sendo assim, também não existe data para que tudo aconteça.

Os testes, claro, acontecerão com a supervisão de motoristas humanos, que estarão prontos para assumir o controle caso qualquer coisa dê algum sinal de estar errada. Obtendo as autorizações necessárias, a Volvo também deseja sinalizar para o governo federal chinês sobre a importância de pesquisas desse tipo, que estão acontecendo no próprio país, e obter os incentivos que a administração pública prometeu não apenas a ela, mas também a outras montadoras.

Mais do que apenas colocar em prática a tecnologia de carros autônomos, a ocasião tem a ver com os planos maiores da Volvo para o país asiático. A fabricante sueca vê a China como um de seus principais mercados para os próximos anos, estimando um crescimento de 10% anuais por lá. Além disso, a alta densidade populacional coloca os sistemas digitais sob condições extremas, sob as quais eles, obrigatoriamente, terão que funcionar caso a empresa queira que os veículos que se dirigem sozinhos se tornem uma realidade.

A colocação de carros autônomos em testes de mundo real, entretanto, tem a ver com a visão um pouco diferente que a Volvo possui do setor. Para a empresa, veículos que efetivamente se dirigem sozinhos não devem se tornar realidade por, pelo menos, mais algumas décadas. É por isso que ela aposta em algo diferente, com máquinas convencionais que, em determinadas áreas, podem ter um sistema de “piloto automático” ativado sob comando do motorista, que pode voltar a assumir o controle sempre que achar necessário.

Além da China, a Volvo já havia anunciado testes semelhantes na cidade de Gotemburgo, na Suécia. Eles devem acontecer no ano que vem e contar também a participação de motoristas humanos em condições reais de direção, mas levando em conta outro tipo de via, uma vez que as estradas da Europa são bem diferentes daquelas encontradas no restante do mundo.

Fonte: Reuters