Tesla nega que Model X estava em piloto automático durante acidente

Por Redação | 07 de Julho de 2016 às 15h25
photo_camera fortune.com

Após o primeiro acidente com vítima fatal envolvendo um carro da Tesla, outra situação chamou a atenção. No início de julho, um motorista de um Tesla Model X alegou que o veículo estava em piloto automático quando se envolveu em um acidente. No entanto, a Tesla emitiu uma nota dizendo que não há informações registradas que confirmem a informação.

Segundo o motorista Albert Scaglione, o automóvel teria batido contra o guard-rail e capotado na rodovia Pennsylvania Turnpike com a função piloto automático ligada. Entretanto, a Tesla informou que quando há um acidente no modo automático, um alerta é enviado para a central que imediatamente entra em contato com o cliente para conferir sua segurança, o que não aconteceu.

O policial que está conduzindo as investigações Dale Vukovich pretende interrogar Scaglione e afirmou que o trecho onde ocorreu o acidente é conhecido pelas barreiras de proteção, deixando pouca margem para erro de direção.

O ocorrido agrava a situação delicada em que a empresa se encontra. A agência de segurança em estradas americana NHSTA divulgou, na última semana, que abriria um inquérito sobre o acidente com vítima fatal envolvendo o Telsa S que estava no piloto automático.

Em nota, a Tesla afirmou que o acidente foi o único com fatalidade em mais de 130 milhões de milhas percorridas, enquanto, entre veículos comuns, há uma fatalidade a cada 94 milhões de milhas.

Fonte BGR, Freep

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.