Tesla Model S agora vai de 0 a 96 km/h em 2,8 segundos

Por Redação | 17.07.2015 às 20:37
photo_camera Divulgação

A Tesla prometeu e cumpriu. Nessa sexta-feira (17), a empresa anunciou algumas novidades para o poderoso Model S. Mas a que mais chamou atenção foi um novo modo de condução do veículo, chamado "Modo Ludicrous" (Modo Ridículo, em tradução livre), que permite que o sedã elétrico acelere de 0 a 96 km/h em 2,8 segundos – lembrando que o já conhecido "Modo Insano" do veículo permitia fazer a mesma velocidade em 3,1 segundos.

A aceleração anunciada está lado a lado com os supercarros mais rápidos do mundo, como a Bugatti Veyron Super Sport, que faz de 0 a 100 km/h em 2,5 segundos – e até mesmo a Ferrari LaFerrari, que faz de 0 a 100 km/h nos mesmos 2,8 segundos. Lembrando que o Model S é um sedã elétrico de quatro portas.

Quando questionado se o novo Modo Ludicrous havia sido solicitado pelos clientes, Elon Musk, o CEO da Tesla, respondeu: "Ninguém estava pedindo o Modo Ludicrous porque ele era muito rídiculo. O carro pode acelerar a 1,1 g. Isso é mais rápido do que cair".

Tecnicamente falando, o novo modo é ativado a partir do aumento da amperagem das baterias. O upgrade vai custar US$ 10 mil para novos compradores do Model S e, durante os próximos seis meses, US$ 5 mil para proprietários do veículo. Basicamente, trata-se de um extensor de aceleração para os clientes que já possuem o Modo Insano.

Musk destaca que a Tesla conseguiu colocar todo esse desempenho em um veículo que pode acomodar até sete pessoas, sem a necessidade de mexer no chassi ou na suspensão, a fim de lidar com a velocidade adicional. O Modo Ludicrous também está disponível para a SUV Model X.

Outra novidade anunciada hoje é que um novo pacote de com baterias de 90 kWh, um aumento de 5kWh em relação ao máximo anterior, também está disponível. Isso aumentará a autonomia do Model S em até 6%. O valor do novo pacote é de US$ 3.000.

A Tesla também revelou uma nova versão de entrada do Model S com um único motor. O veículo vai custar US$ 70 mil, o que representa um desconto de US$ 5 mil na comparação com o 70D equipado com dois motores.