Tesla lança Model 3, mas ações da companhia despencam

Por Redação | 31 de Julho de 2017 às 16h08

Depois de atrasos consecutivos, a Tesla enfim lançou oficialmente o Model 3, seu carro elétrico para lá de moderno. Já foram entregues as 30 primeiras unidades do veículo, que haviam sido reservadas previamente, em grande parte, por funcionários da própria companhia de Elon Musk.

Segundo o CEO, foram feitas mais de 500 mil reservas na pré-venda, e o carro é o primeiro do catálogo da Tesla a ser fabricado em série, com previsão de que todas as entregas sejam feitas até o ano que vem. Por enquanto, a montadora consegue produzir 100 unidades do Model 3 por mês — número esse que deve subir para 10 mil unidades mensais até o final do ano.

Seu design é bastante parecido com outros modelos da empresa, mas, em seu interior, o modelo conta com um painel minimalista com uma tela de 15 polegadas, sistema de direção automática Autopilot e funcionalidades que tornam o Model 3 quase um veículo autônomo.

Sem chaves, o carro é destrancado e acionado por meio de um aplicativo para celular, sendo que até a ignição é ativada pelo app móvel. Seu motor 100% elétrico tem autonomia de 345 km por carga na versão que custa US$ 35 mil, sendo que o modelo de US$ 44 mil é capaz de rodar por 500 km longe de uma tomada.

Ações em queda

Apesar do lançamento, que pode abalar o mercado automotivo graças a suas inovações, as ações da Tesla despencaram nesta segunda-feira (31), caindo 2,53% logo após o anúncio oficial da chegada do Model 3. Ainda assim, as ações da Tesla subiram 54,4% desde o início do ano.

Fonte: TechCrunch, Business Insider

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.