Renault e Nissan fecham parceria para criar dez carros autônomos em quatro anos

Por Redação | 07 de Janeiro de 2016 às 17h57
photo_camera Reprodução

A parceria entre as montadores Renault e Nissan deverá render ao menos dez novos modelos de carros com tecnologia de direção autônoma nos próximos quatro anos, afirmou o líder da parceria e CEO da Renault, Carlos Ghosn, nesta quinta-feira (7).

Os modelos deverão ser lançados em mercados como Estados Unidos, Europa, China e no Japão. Os primeiros modelos autônomos devem ser apresentados já neste ano, fabricados com a tecnologia "single-lane control" (controle de faixa única, em tradução livre), que permite que o veículo se dirija sozinho em estradas, mas mantendo-se sempre na mesma faixa.

De acordo com o executivo, até 2018, a aliança deverá começar a lançar modelos "multi-lane control (controle de multiplas faixas), que permitirá aos veículos também trocar de faixa de forma autônoma, tanto em estradas quanto em tráfego pesado. Até 2020, a ideia é que os carros já façam todas as tarefas sozinhos, inclusive enfrentar o trânsito pesado de cidades.

As duas empresas também anunciaram a contratação do executivo de tecnologia Ogi Redzic para liderar o setor de carros conectados da aliança. Antes de se juntar ao projeto, Redzic estava atuando no setor de mapas da Nokia, o Here, onde gerenciava a área de negócios automotivos.

Ainda neste ano, as empresas deverão lançar um novo aplicativo mobile para permitir que os motoristas interajam remotamente com seus veículos, controlando temperatura, música e outros sistemas embarcados. Ambas empresas ainda permanecem independentes com a aliança, mas agora reuniram suas equipes de engenharia para esforços conjuntos no setor de carros conectados.

Fonte: Reuters

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.