Nissan apresenta seu sistema de direção semiautônoma

Por Redação | 14 de Julho de 2016 às 10h17

A Nissan está entrando de vez no mercado dos veículos semiautônomos após o lançamento do seu novo sistema Pro Pilot para auxiliar essa tarefa. Diferentemente das opções de quase automação completa dos carros da Tesla, a Nissan fez questão de frisar que seu objetivo é apenas ajudar na direção ao invés de substituir os motoristas.

O sistema utiliza uma câmera no para-brisa, capaz de identificar veículos a sua frente, a faixa de tráfego e os carros que por ventura venham a entrar na frente do veículo. Para ativá-lo, basta pressionar um botão no volante. Após o acionamento, o sistema é capaz de manter uma distância segura do carro à frente sem precisar de nenhuma ação do motorista, controlando o volante, o acelerador e os freios. Além dessa função relativamente comum entre os semiautônomos, o Pro Pilot também possibilita dirigir o veículo sozinho, com velocidades entre 30 e 100km/h em uma faixa na estrada, e consegue manter o veículo na faixa correta inclusive nas curvas. Apesar da inteligência avançada, não é uma tecnologia de total automação e o motorista ainda precisa estar presente para o correto funcionamento.

E para que o usuário não se empolgue muito e se distraia, suas mãos devem permanecer no volante todo o tempo que o sistema estiver atuando - caso se afaste do volante por mais de dez segundos, um alarme sonoro de alerta irá soar. O primeiro veículo a incluir o Pro Pilot como opcional será uma versão especial da minivan Serena, que começará a ser vendida no Japão no próximo mês. A Nissan afirmou que tem planos para incluir o opcional no SUV Qashqai em mercados europeus e ampliar a disponibilidade para os Estados Unidos e China.

nissan serena

Nissan Serena

A chegada do sistema de condução semiautomática foi divulgada em um momento delicado para a mais famosa empresa de carros elétricos do mundo, a Tesla Motors. A empresa vem investindo pesadamente no campo da automação de veículos, mas recentemente teve sua imagem um pouco abalada devido a acidentes ocorridos com seus veículos, possivelmente enquanto o sistema de autocondução atuava. Mesmo com o assunto em alta, a Nissan se negou a comentar os últimos acontecimentos envolvendo a rival.

nissan serena

Componentes do Pro Pilot no Nissan Serena

O novo sistema da montadora japonesa é composto por diversos dispositivos que se comunicam entre si para manter o pleno funcionamento e o constante monitoramento do ambiente externo e interno ao veículo. Entre eles, os seguintes se destacam: ECM (controle do acelerador), EPS (controle do volante), VDC (controle do freio), Front Camera (câmera frontal que identifica veículos e faixas), ADAS ECU (controla cada unidade baseado nas informações da câmera) e Electric Parking Break (freio de estacionamento eletrônico).

Em sua divulgação, a empresa revelou que tem planos de introduzir um sistema completamente autônomo capaz de dirigir em múltiplas faixas em 2018 e incluir outras funções inteligentes com foco no trânsito urbano, incluindo cruzamentos.

Via Engadget

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.