Nissan apresenta seu sistema de direção semiautônoma

Por Redação | 14 de Julho de 2016 às 10h17

A Nissan está entrando de vez no mercado dos veículos semiautônomos após o lançamento do seu novo sistema Pro Pilot para auxiliar essa tarefa. Diferentemente das opções de quase automação completa dos carros da Tesla, a Nissan fez questão de frisar que seu objetivo é apenas ajudar na direção ao invés de substituir os motoristas.

O sistema utiliza uma câmera no para-brisa, capaz de identificar veículos a sua frente, a faixa de tráfego e os carros que por ventura venham a entrar na frente do veículo. Para ativá-lo, basta pressionar um botão no volante. Após o acionamento, o sistema é capaz de manter uma distância segura do carro à frente sem precisar de nenhuma ação do motorista, controlando o volante, o acelerador e os freios. Além dessa função relativamente comum entre os semiautônomos, o Pro Pilot também possibilita dirigir o veículo sozinho, com velocidades entre 30 e 100km/h em uma faixa na estrada, e consegue manter o veículo na faixa correta inclusive nas curvas. Apesar da inteligência avançada, não é uma tecnologia de total automação e o motorista ainda precisa estar presente para o correto funcionamento.

E para que o usuário não se empolgue muito e se distraia, suas mãos devem permanecer no volante todo o tempo que o sistema estiver atuando - caso se afaste do volante por mais de dez segundos, um alarme sonoro de alerta irá soar. O primeiro veículo a incluir o Pro Pilot como opcional será uma versão especial da minivan Serena, que começará a ser vendida no Japão no próximo mês. A Nissan afirmou que tem planos para incluir o opcional no SUV Qashqai em mercados europeus e ampliar a disponibilidade para os Estados Unidos e China.

nissan serena

Nissan Serena

A chegada do sistema de condução semiautomática foi divulgada em um momento delicado para a mais famosa empresa de carros elétricos do mundo, a Tesla Motors. A empresa vem investindo pesadamente no campo da automação de veículos, mas recentemente teve sua imagem um pouco abalada devido a acidentes ocorridos com seus veículos, possivelmente enquanto o sistema de autocondução atuava. Mesmo com o assunto em alta, a Nissan se negou a comentar os últimos acontecimentos envolvendo a rival.

nissan serena

Componentes do Pro Pilot no Nissan Serena

O novo sistema da montadora japonesa é composto por diversos dispositivos que se comunicam entre si para manter o pleno funcionamento e o constante monitoramento do ambiente externo e interno ao veículo. Entre eles, os seguintes se destacam: ECM (controle do acelerador), EPS (controle do volante), VDC (controle do freio), Front Camera (câmera frontal que identifica veículos e faixas), ADAS ECU (controla cada unidade baseado nas informações da câmera) e Electric Parking Break (freio de estacionamento eletrônico).

Em sua divulgação, a empresa revelou que tem planos de introduzir um sistema completamente autônomo capaz de dirigir em múltiplas faixas em 2018 e incluir outras funções inteligentes com foco no trânsito urbano, incluindo cruzamentos.

Via Engadget

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.