Motorista auxiliar assistia TV quando carro autônomo da Uber matou pedestre

Por Ares Saturno | 22 de Junho de 2018 às 11h03
TUDO SOBRE

Uber

Em março, um carro autônomo da Uber se envolveu em um acidente fatal ao atropelar Elaine Herzberg, uma cidadã de 49 anos, na cidade de Tempe, no Arizona.

Nesta quinta-feira (21), foi divulgado o relatório policial sobre o caso, que aponta que Rafaela Vasquez, a operadora de segurança que estava dentro do automóvel, assistia a um episódio do reality show de talentos The Voice nos minutos que antecederam o acidente. Segundo o documento, a fatalidade seria completamente evitável não fosse a distração da operadora. Vasquez pode enfrentar acusações penais de homicídio culposo.

Segundo o relatório, Vasquez só levantou o olhar da tela do celular 0,5 segundos antes da colisão, sendo que nos 5,3 segundos anteriores a atenção da operadora estava voltada totalmente para a programação que assistia. A velocidade do Volvo autônomo que seguia em modo de pilotagem automática era de 70 km/h momentos antes do atropelamento.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Imagem mostra que havia 6 segundos para a reação se Vasquez estivesse atenta (Imagem: The US National Transportation Safety Board)

O documento oficial foi liberado menos de um mês depois do início das investigações pelo Conselho Nacional de Segurança nos Transportes dos EUA e foi enviado aos promotores do condado de Tempe após impetrarem um pedido formal de liberdade de informação.

Fonte: BBC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.