Jaguar Land Rover testa sistema que relaxa motorista em momentos de stress

Por Felipe Ribeiro | 10 de Julho de 2019 às 09h19
Channel 3000

Dirigir muitas vezes pode ser uma das partes mais estressantes de um dia, ainda mais em uma megalópole como São Paulo, com seu trânsito infernal na hora do rush. Mas, e se o seu carro puder transformar esse momento em algo mais agradável? Bem, a britânica Jaguar Land Rover (JLR) quer usar a inteligência artificial para tornar isso possível. A montadora está testando um sistema que pode ajustar as configurações da cabine para ajudar a desestressar os motoristas, já mirando os veículos autônomos.

O sistema experimental usa uma câmera voltada para o motorista e um software especial que analisa as expressões faciais e determina o humor do condutor. O programa pode ajustar automaticamente o controle de temperatura e iluminação para criar um ambiente mais suave. Por exemplo: de acordo com a JLR, ele pode reduzir a temperatura da cabine se o motorista bocejar ou mostrar outros sinais de cansaço, ou até mesmo selecionar uma determinada lista de músicas. Isso funcionaria um pouco como os sistemas de detecção de fadiga, já presentes em veículos atuais (inclusive no mercado brasileiro).

A JLR também está testando uma versão do sistema projetada para os passageiros do banco traseiro, com uma câmera montada nos encostos de cabeça. Como outra pessoa está dirigindo, o sistema não tenta alertar os ocupantes do banco traseiro se detectar cansaço. Neste caso, ele fará o oposto: escurecer as luzes e elevar a temperatura para ajudar as pessoas a sossegarem, por assim dizer (isso, claro, pensando em países com clima predominantemente frio, como a Inglaterra).

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.
Imagem: Jaguar Land Rover

O sistema de detecção de humor ainda está em caráter experimental, mas, ao que tudo indica, poderá aparecer nos futuros carros de produção do grupo Jaguar Land Rover. A empresa está testando várias ideias com o objetivo de usar a tecnologia para melhorar o conforto e o bem-estar do motorista e passageiros. Outro projeto recente, por exemplo, prevê o uso de volantes aquecidos para transmitir instruções de navegação.

Outras empresas seguem esse caminho

A JLR não é a única fabricante de automóveis que se interessa pela tecnologia de detecção de humor. A Kia demonstrou seu próprio sistema experimental na CES 2019. A base para tal sistema já está em vigor por meio dos monitores de atenção ao motorista e já está sendo usada ​pela JLR e outras montadoras.

Empresas como BMW, Cadillac e Subaru, já estão usando câmeras voltadas para o motorista para detectar distrações e fadiga. A Volvo, por sua vez, planeja colocar esses sensores em todos os carros de sua produção a partir de meados dos anos 2020.

Fonte: Digital Trends

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.