Inventaram uma bike inspirada no filme Tron — e ela é espetacular

Por Redação | 25 de Novembro de 2016 às 00h31

Os fãs de ficção científica das antigas certamente vão se lembrar de Tron — não o segundo, mas o primeiro filme, que estreou há mais de trinta anos. O filme, que acontece em um cenário totalmente futurista e tecnológico, serviu de inspiração para muitos dispositivos, e até hoje marca presença nas linhas de alguns. É o caso desta bicicleta que traz uma sintonia fina entre engenharia e tecnologia, a Cyclotron.

O projeto, obviamente inspirado no filme, como o próprio nome indica, conta com rodas sem raios, estética curvilínea e luzes azuis bastante futuristas, em um design bastante minimalista, porém complexo. O projeto nasceu em 2012, e foi lançado este ano no Kickstarter, batendo a meta de 50 mil euros em poucos dias. Isso significa que a produção em larga escala da Cyclotron está prestes a começar.

Além de ter o visual do filme, a bicicleta ainda projeta linhas vermelhas sobre o solo a partir de um sistema a laser. O objetivo deste traçado é indicar a pista e chamar a atenção dos demais veículos na via, conferindo mais segurança ao ciclista. Aliás, a bike conta com 12 marchas na versão mais simples, chegando a ter câmbio automático na versão top de linha.

De acordo com a equipe criativa da Cyclotron, o quadro da bike é feito em fibra de carbono, a mesma utilizada em equipamentos militares, ou seja: isso torna a bicicleta extremamente leve, chegando a pesar apenas 11,6 quilos. Os cabos dos freios, as baterias dos LEDs e do laser e o sistema de marchas estão todos embutidos no quadro, sem fios à mostra.

Já as curiosas rodas sem raios foram fabricadas a partir de um polímero sólido que não precisa ser calibrado como um pneu. A vida útil do material chega a 10 mil quilômetros. As rodas, aliás, contam com uma canaleta interna que permite levar objetos, caso o ciclista precise.

E não dá para falar de bicicleta hi-tech sem mencionar o uso concomitante de um smartphone. O ciclista pode conectar seu aparelho via Bluetooth e, por meio de um aplicativo dedicado, recebe dados importantes do percurso, como velocidade, distância e rota (GPS). Inclusive, por meio do sistema de geolocalização, é possível acionar um alarme anti-roubo e alertas em caso de acidente, mas para isso o usuário precisa assinar um serviço que custa o equivalente a R$ 300 anuais. O celular, claro, fica acoplado ao guidão da magrela.

Pelo que calculam os fabricantes, a Cyclotron deve chegar ao mercado em agosto de 2017. O preço do modelo mais barato é de 1.100 euros (4 mil reais). Tentador, não?

Para mais informações, visite o site oficial da Cyclotron (ou sua página do Kickstarter) e veja as variedades de cores e modelos.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.