Hyundai Sonata será o primeiro carro a vir com Android Auto instalado de fábrica

Por Redação | 26 de Maio de 2015 às 16h17
photo_camera Divulgação

Dos tablets e smartphones, o Android está com passaporte carimbado direto para o seu veículo. E nesta terça-feira (26) foi anunciado o primeiro modelo de fábrica que contará com o Android Auto, versão do sistema operacional móvel do Google para automóveis. Trata-se do Hyundai Sonata.

De acordo com a montadora, todos os Sonatas produzidos a partir de 2015 contarão com o sistema de bordo da gigante das buscas — ao que tudo indica, as versões vendidas em todos os países poderão ser atualizadas, mas ainda não há nenhum pronunciamento da representante da Hyundai no Brasil sobre o upgrade. As concessionárias nos Estados Unidos poderão atualizar os veículos equipados com o pacote de navegação e tecnologia com o Android Auto.

Para ter acesso à plataforma a bordo do Sonata, o consumidor deve adquirir a linha 2015 do sedã com o sistema multimídia com uma tela de 8 polegadas, vendida nos EUA como um opcional de US$ 4.100 (pouco menos de R$ 13.000 na cotação atual). Quem já possui o modelo 2015 poderá atualizar o sistema de graça em uma revenda da marca.

Ainda segundo a Hyundai, outros modelos da montadora receberão as funcionalidades do Android Auto no segundo semestre deste ano, além de oferecer compatibilidade com o Apple CarPlay, concorrete direto do sistema do Google.

Hyundai Sonata

Hyundai Sonata é o primeiro carro do mundo a vir de fábrica com o sistema Android Auto (Foto: Divulgação)

Anunciado em junho do ano passado na conferência Google I/O, o Android Auto é a grande aposta do Google para o setor automotivo. Basicamente, o mecanismo leva quase todas as funções do sistema operacional móvel para o painel do carro. Isso inclui tocador de músicas, mensagens de texto, e claro, o serviço de mapas do Google Maps. Todas essas tarefas poderão ser ativadas usando apenas os comandos de voz do Google Voice, o que garante mais praticidade e segurança para o motorista do veículo.

A plataforma também permite conectar o celular ao carro por uma porta USB que transfere os conteúdos da tela do smartphone para o equipamento multimídia dos veículos. Para usar o Android Auto, o motorista precisa baixar no aparelho um aplicativo disponível na Play Store.

No mercado americano, a maioria das grandes montadoras do mundo, incluindo Audi, Bentley, Chevrolet, Ford, Honda, Jeep, Kia, Nissan e Volvo, já anunciou que seus carros vão oferecer suporte ao Android Auto. Além disso, os primeiros produtos com o sistema do Google pré-instalado começaram a ser vendidos nos EUA em março deste ano. Os preços variam de US$ 699 (cerca de R$ 2.280) a US$ 1.399 (R$ 4.570).

O desenvolvimento do Android Auto é resultado da chamada Open Automotive Alliance (OAA), uma parceria do Google com algumas das maiores fabricantes de veículos do mundo, como Audi, GM, Honda, Jeep e da já citada Hyundai, além da LG e da fabricante de placas para computador NVIDIA, cujo objetivo é acelerar a inovação na indústria automotiva, desde o hardware até o software.

Fonte: Yahoo! Tech

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.