Hyperloop: trem supersônico está realmente sendo construído na Califórnia

Por Redação | 11 de Junho de 2015 às 16h45

Quem achava a ideia do trem super-rápido projetado pelo bilionário Elon Musk algo fora da realidade, ou apenas mais um conceito, sinto informar que o projeto Hyperloop está a todo vapor e será construído no próximo ano, na Califórnia.

O Hyperloop é um sistema de transporte que funciona em uma espécie de cápsula de alumínio que circula dentro de tubos e ultrapassa a marca dos 1.200 km/h. A primeira linha de testes terá apenas 8 quilômetros de comprimento, e não irá funcionar nas velocidades supersônicas que Musk imaginou, mas ainda assim será um grande projeto, ou, como descreveu o próprio Musk, "um cruzamento entre um Concorde, uma mesa de air hockey e um canhão eletromagnético".

A ideia do Hyperloop foi apresentada pela primeira vez em 2013, mas apenas em janeiro de 2015 o empresário disse que planejava construir uma pista de testes para o sistema de transporte "em breve", e o Texas foi o principal candidato a receber a novidade. Mas o assunto só surgiu novamente em fevereiro, quando um grupo chamado Hyperloop Technologies (HTT) anunciou que tinha fechado um acordo para construir os primeiros 8 quilômetros do Hyperloop na Califórnia.

O HTT conta com um time e tanto: Shurvin Pichevar, um dos principais investidores do Uber; Joe Lonsdale, cofundador da Palantir Technologies; Joe Messina ex-vice-chefe de gabinete da Casa Branca; David Sacks, fundador da Yammer; Peter Diamandis, fundador do X Prize Foundation; e Brogan BamBrogan, um dos principais engenheiros da SpaceX.

Na ocasião, o grupo disse que iria tentar levantar US$ 100 milhões por meio de uma oferta pública de ações para financiar os testes. Alguns acordos foram garantidos para a construção de uma pista de testes perto de Quay Valley, na Califórnia, entre São Francisco e Los Angeles. O início das obras está previsto para 2016, e o fim para 2017.

Uma pista do Hyperloop consiste em dois tubos fixados a postes acima do solo, e no interior dos tubos estão as cápsulas que devem carregar os passageiros ou a carga. Os tubos são parcialmente evacuados por bombas de vácuo, que por sua vez o arrastam e permitem que as cápsulas se locomovam em alta velocidade sem consumir muita energia. De acordo com Musk, o consumo seria tão baixo que o Hyperloop poderia ser alimentado por painéis solares.

A propulsão é fornecida por meio de indução linear: magnetos na parte exterior das cápsulas e no interior do tubo se repelem, empurrando-as para frente (essa seria a parte do canhão eletromagnético, citado por Musk). Para reduzir a resistência ao rolamento, cada cápsula terá um compressor responsável por tirar o ar da frente da composição e dispensá-lo por meio de furos na parte inferior da cápsula (essa seria a parte da mesa de air hockey).

Hyperloop

Não tão rápido

Relatos divulgados recentemente pela revista National Geographic disseram que haverá diversos tipos de cápsulas, com diferentes velocidades variando entre 320 km/h e 480 km/h. Isso poderia ser ideal para separar pessoas que gostam de mais emoção e velocidade daquelas que não são muito chegadas na ideia, ou até mesmo idosos que precisam de um deslocamento mais suave.

O que chama a atenção é que as velocidades citadas estão muito aquém dos 1.200 km/h citados por Musk, mas ainda assim são muito mais rápidas do que os trens comuns – o que parece ser a prioridade do Hyperloop. O Estado da Califórnia está planejando fazer uma ligação ferroviária entre São Francisco e Los Angeles, um projeto que custará aproximadamente US$ 70 bilhões, um valor muito mais alto do que os US$ 16 bilhões estimados pelos executivos da HTT para a construção do Hyperloop no mesmo trecho.

É claro que ainda existem muitas dúvidas em torno desse ambicioso projeto. Por exemplo: o que acontece se alguém se atirar nos "trilhos" do tubo e as cápsulas precisarem ser evacuadas ? Quem vive nas grandes metrópoles sabe que esse é um fato rotineiro. Enquanto sonhamos com um transporte de qualidade, sustentável e super rápido, aguardamos os próximos passos de Elon Musk e os outros envolvidos no Hyperloop.

Hyperloop
Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.