Híbridos e elétricos serão metade dos lançamentos de carros em 2022, diz estudo

Por Felipe Ribeiro | 18 de Junho de 2020 às 09h19
Matheus Argentoni/Canaltech

Que o mercado automotivo caminha para a eletrificação, todos sabemos; mas, ao que tudo indica, isso será mais rápido do que o previsto. De acordo com o Car Wars, estudo anual feito pelo Bank of America Merril Lynch, 49% dos carros lançados em 2022 serão eletrificados, sendo 26% dos 100% elétricos e 23% dos híbridos, sejam eles plug-in ou não. Para 2023 e 2024, esse número deve subir.

A análise leva em conta os próximos quatro anos. Em 2021, 40 novos carros devem chegar ao mercado global, número que está na média dos anos anteriores. Esse ritmo saltará para 77 em 2022, segundo o relatório, e continuará acima de 70 apresentações em 2023 e 63 em 2024. Os carros elétricos e híbridos, que estão em franca ascensão, vão ajudar nesse impulsionamento. Quando vamos para os segmentos, nenhuma surpresa. Os SUVs serão os carros que mais ganharão novos modelos, com 49%. Caminhões leves e picapes (28%) e compactos, luxuosos e esportivos completarão os lançamentos (10%).

Leia também: Volvo lança SUV XC40 híbrido e completa gama de eletrificados no Brasil

Com relação às marcas, o Bank of America revela que haverão níveis diferentes na substituição dos modelos existentes para os novos. A Honda, com 91%, e a Hyundai, com 90%, são as mais agressivas nesse sentido.

Carros eletrificados serão 49% dos novos modelos em 2022, diz Bank of America/Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech

Já o grupo FCA (que compreende FIAT, Chrysler, Jeep, RAM, Dodge e Peugeot) e a Toyota serão as que menos trocarão de carros, com 57% e 59%, respectivamente. A Ford, por sua vez, está na casa dos 83%, tendo como grandes destaques os esperados lançamentos da picape F-150 e do SUV elétrico Mustang Mach E.

Fonte: AutoBlog

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.