Há um novo carro autônomo alaranjado e diferentão circulando pelos EUA

Por Natalie Rosa | 30 de Julho de 2018 às 15h34
photo_camera Divulgação

Um novo carro autônomo vem circulando pelas ruas do Texas, nos Estados Unidos, com um visual bem diferente.

Em vez de ser branco e sofisticado, esse veículo tem a cor laranja brilhante e faixas em azul pintadas em todo o seu comprimento, com dizeres em branco que revelam do que ele se trata.

O veículo é da startup Drive.ai, que anunciou nesta segunda-feira o lançamento do modelo autônomo, destacando a sua diferença em relação a outros carros, afirmando que eles pretendem investir em uma aparência visualmente distinta.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

O carro, um Nissan NV200s, ainda conta com quatro telas de LED, sendo uma no capô, duas acima de cada um dos pneus dianteiros e uma na parte traseira.

Os monitores exibem mensagens para os pedestres e demais pessoas que o veículo possa encontrar no caminho, com o objetivo de substituir gestos ou comunicações verbais que, constantemente, acontecem nas ruas.

Veja quais são as mensagens que o carro exibe nos monitores:

Waiting (Esperando) e Crossing (Atravessando) - São exibidos na parte traseira com um desenho de uma pessoa caminhando, o que significa que os avisos são para que os pedestres possam atravessar tranquilos;

Going (Indo) - É exibido na parte frontal e lateral, avisando que o veículo vai sar de sua posição estacionada para seguir caminho. A tela ainda mostra um gráfico de van em movimento;

Entering/Exiting (Entrando/Saindo) - Aparece em todas as telas o desenho de uma pessoa entrando e saindo do veículo;

Human Driver (motorista humano) - Esta frase é exibida sempre que o veículo estiver funcionando no modo manual.

As frases escolhidas para serem exibidas nos monitores foram criadas a partir de uma combinação do time de produtos, design e executivos da startups, e também com base no feedback de motoristas.

Os carros contam com 10 câmeras, quatro dispositivos LIDAR, que fazem a detecção a partir da luz refletida, e um sistema de radar. O cérebro da inteligência artificial, assim como a percepção, planejamento de movimento, tomada de decisões e um aplicativo móvel estão sendo desenvolvidos internamente, segundo a empresa.

Um operador remoto ainda pode fazer o controle do carro utilizando um "modem de celular de redundância tripla", como diz a startup.

A cor chamativa e as telas com informações parecem ser respostas a incidentes e acidentes, alguns deles fatais, que vêm acontecendo com testes de carros autônomos recentemente.

 

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.