Governo da Califórnia permite testes de carros autônomos sem humanos

Por Redação | 13 de Outubro de 2017 às 11h18

O Departamento de Veículos a Motor (DMV, na siga em inglês) da Califórnia, nos Estados Unidos, permitirá que os carros autônomos sem volantes, pedais, espelhos e motoristas humanos sejam testados em suas estradas a partir do próximo ano. A regulamentação do departamento foi revisada e disponibilizada nesta semana, com alterações que permitem a circulação de carros autônomos em vias públicas de maneira mais segura do que estava ocorrendo anteriormente.

A nova regulamentação passará por um período de 15 dias de análise pública, para depois ser enviada para o governo estadual e, assim, começar a ser aplicada em algum momento de 2018. As regras são uma conquista importante para as empresas que estão desenvolvendo carros autônomos, já que, para elas, era muito rígida a proposta original emitida em 2015, que não permitia, por exemplo, o teste de veículos de condução autônoma sem um humano ao volante.

A Califórnia sempre foi um dos lugares com grande quantidade de testes de veículos autônomos pelo fato de empresas de tecnologia e transportes, como o Google e a Uber, estarem desenvolvendo seus próprios modelos de veículos na região. De acordo com o DMV, atualmente 42 empresas utilizam 285 carros autônomos nas estradas do estado para testar novos recursos e para ganhar a quilometragem necessária para importantes avaliações. Além disso, existem quase 1.000 motoristas licenciados para testar estes veículos, mas com as alterações nas regras de testes de carros autônomos, as empresas seriam autorizadas a testar os veículos mesmo sem um humano ao volante.

Entre as mudanças na regulamentação emitida pela DMV está a necessidade das fabricantes notificarem as autoridades locais sobre a realização dos testes e enviar relatórios sobre quantas vezes o veículo forçou o controle de um motorista humano por conta de alguma falha no sistema ou em algum sensor instalado. Além disso, as fabricantes serão obrigadas a relatar ao estado quando realizarem alguma atualização tecnológica nos veículos, incluindo qualquer mudança no nível de automação. Entre as mudanças que não farão parte da nova regulamentação está a proibição no teste de caminhões autônomos. As autoridades continuam a limitar os testes de veículos que pesem no máximo 4.500 quilos.

Em nível federal, o Congresso norte-americano continua a discutir uma legislação que permita que as empresas possam fabricar e comercializar carros sem os tradicionais controles, como pedais e volantes. Uma proposta aprovada pelo Congresso impediria que os estados possam estabelecer suas próprias leis de supervisão aos testes autônomos, uma vez que eles teriam que cumprir as determinações federais. Isso poderia atrapalhar as novas mudanças na regulamentação da Califórnia, que devem ser implementadas antes das alterações federais.

Fonte: The Verge

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.