Empresa americana apresenta a primeira Ferrari elétrica do mundo

Por Redação | 11 de Maio de 2016 às 08h08

Fundada em 1929 por Enzo Ferrari na Itália, a Ferrari é uma das fabricantes de automóveis esportivos mais lendárias do mundo. O CEO da Fiat Chrysler, e um dos chefões da Ferrari, Sergio Marchionne deixou bem claro que a ideia de fabricar carros elétricos vai totalmente contra os conceitos da empresa.

Já que não veremos uma Ferrari original totalmente elétrica tão cedo, a solução foi converter um dos modelos da empresa. A responsável pelo feito foi a Eletric-GT, empresa norte-americana que restaurou uma Ferrari 308 GTS danificada por um incêndio e substituiu seu motor V8 original por um novo conjunto de motores elétricos.

Ferrari

Combinados, os novos motores são capazes de gerar cerca de 275 cavalos de potência elétrica, o equivalente a 415 cavalos de potência gerados por um motor convencional movido a gasolina.

A energia enviada às máquinas vem de um conjunto composto por 48 baterias de íon de lítio ligadas em série. Combinadas, elas geram 28.5 kWh de energia, o suficiente para manter a Ferrari funcionando por cerca de 130 Km a 160 Km antes de precisar parar para uma recarga completa.

Deve ser um pouco estranho dirigir uma Ferrari sem ouvir o ronco glorioso do motor V8, mas a experiência não deixa de ser inovadora. Confira o resultado final da conversão da Ferrari no vídeo acima.

Via: Jalopnik

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.