Elon Musk nega que baterias do Model 3 serão fornecidas pela Samsung

Por Redação | 08 de Junho de 2016 às 10h47
photo_camera Divulgação

O CEO da Tesla, Elon Musk, negou uma reportagem da agência de notícias Reuters, que disse que a montadora estava em negociações com a Samsung SDI para o fornecimento de baterias para o Model 3. Musk utilizou sua conta no Twitter para deixar claro que está "trabalhando exclusivamente" com a Panasonic no desenvolvimento de células de bateria para o veículo elétrico. O CEO deixou claro que o artigo da agência de notícias estava equivocado e que não há qualquer negociação no sentido apontado pela reportagem.

O empresário também afirmou que as baterias do Model S e Model X, da Tesla, "também são da Panasonic". Já um porta-voz da Tesla afirmou que a empresa "trabalha com todos os principais fornecedores de baterias do mundo", mas recusou-se a comentar sobre detalhes específicos. "A Panasonic tem sido o nosso fornecedor de bateria ao longo dos projetos Model S e Model X", disse o porta-voz.

A notícia divulgada pela Reuters indicava que a Tesla estava em negociações com a Samsung SDI para ajudar a cobrir a grande demanda do Model 3, anunciado no início deste ano e projetado para ser distribuído em 2017. O relatório da agência também considerou a possibilidade de duas outras empresas estarem negociando com a montadora para o suprimento de baterias. Com a possibilidade de fornecer baterias para a Tesla, as ações da Samsung SDI subiram 6%.

Desde o início das vendas do Model 3, a Tesla já registrou 373 mil encomendas do veículo, que tem um preço inicial de US$ 35 mil. As entregas para os clientes começam no final de 2017.

Via The Verge, Reuters

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.