DHL já está utilizando drones para fazer entregas na Alemanha

Por Redação | 18 de Maio de 2016 às 12h26

Uma das principais empresas de entregas e logística do mundo, a alemã DHL divulgou a terceira geração de seu audacioso projeto de realizar entregas automatizadas por meio de drones. Batizada de "Parcelcopter", a iniciativa entregou mais de 130 pacotes durante testes realizados na cidade de Reit im Winkl, na Alemanha. Segundo a empresa, os testes foram realizados para ver como os drones lidam com as condições geográficas e meteorológicas adversas.

A cidade alemã foi escolhida tendo como base seus desafios geográficos com grande potencial de neve e montanhas. Foram testadas cargas de diferentes pesos em viagens de longa distância. "Somos os primeiros, em todo mundo, a oferecer um transporte através de drone com entrega ao cliente final. Com essa combinação de carga e descarga totalmente automática, com o aumento da capacidade de carga de transporte e alcance do nosso Parcelcopter, conseguimos um nível de maturidade técnica e processual que nos permite avançar para uma próxima fase de testes em zonas urbanas", disse Jürgen Gerdes, do Grupo Deutsche Post DHL.

Usados entre janeiro e março deste ano, os drones foram capazes de completar viagens de 8 quilômetros, em até 8 minutos, durante o inverno. Normalmente, para entregas com essa distância, a entrega convencional leva cerca de 30 minutos. O projeto da DHL foi desenvolvido em parceria com entidades da Alemanha, como o Ministério Federal dos Transportes e a Autoridade de Aviação para a Região da Alta Baviera.

A DHL agradeceu ao governo alemão, afirmando que a criação de uma área especial de voo restrito foi crucial para o sucesso do projeto. A americana Amazon, grande interessada nas entregas por meio de drones, já indagou o governo dos Estados Unidos sobre a possibilidade de uma área como essas para que ela possa testar sua solução. No entanto, a forma agressiva com que a empresa apresentou seus planos piorou as chances de uma rápida aprovação, levando defensores de segurança pública a realizarem protestos.

Via PM e PC Guia

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.