CEO da Ford diz que carros autônomos devem chegar às ruas em quatro anos

Por Redação | 20.11.2015 às 13:06
photo_camera Engadget

Mark Fields, CEO da Ford, diz que a montadora terá veículos totalmente autônomos dentro de quatro anos em estradas onde os mapas de alta definição estão disponíveis. A chave, segundo ele, é garantir que as questões legais e regulamentares funcionem.

O prazo estipulado por Fields é agressivo, tendo em vista que o Google, por exemplo, espera que os carros que se dirigem sozinhos cheguem ao mercado de massa em cinco anos, embora a gigante da internet ainda não tenha revelado seu plano de negócios para sua própria frota. Outras montadoras têm oferecido prazos ainda mais longos para entregar seus veículos de autocondução.

O executivo disse ainda que parte da empresa está focada na venda de carros tradicionais, caminhões e SUVs, enquanto outra parte está olhando para o futuro do transporte e em como ele será daqui a 20 anos. Ele disse que quer que a Ford traga tanta mudança para o futuro do transporte quanto Henry Ford trouxe há 100 anos.

Estas declarações foram feitas por Fields a alguns jornalistas em San Francisco, Califórnia, e o CEO disse ainda que sua empresa deseja muito trabalhar com empresas do Vale do Silício. A montadora tem planos de incluir o CarPlay, da Apple, e o Android Auto, do Google, em alguns carros, mas não informou uma previsão para que isto aconteça.

Há alguns dias, a Ford anunciou o início de seus testes com veículos autônomos na Mcity, uma cidade falsa criada em parceria com a Universidade de Michigan que oferece à empresa um ambiente urbano em escala natural para testar novas tecnologias de forma segura.

Via Re/code