BMW e Tencent se unem em centro de desenvolvimento para carros autônomos

Por Felipe Demartini | 19 de Julho de 2019 às 14h44
BMW
Tudo sobre

BMW

Saiba tudo sobre BMW

Ver mais

A BMW está se unindo à Tencent para abertura de um centro de desenvolvimento de tecnologia para veículos autônomos. A unidade deve ser inaugurada no final deste ano em Tianjin, cidade na região leste da China, e servirá como ponto focal de infraestrutura de cloud computing, suportando a análise de dados e produção de sistemas que, no futuro, levarão às plataformas de pilotagem automática.

As empresas não divulgaram o valor do investimento, mas falaram bastante sobre a ideia. A BMW pretende abraçar a experiência da Tencent no mercado de tecnologia, a partir de trabalhos com computação nas nuvens e Big Data, para realizar, principalmente, a análise de dados. Em um mercado gigantesco e com trânsito caótico como o chinês, a existência de uma infraestrutura que permita esse tipo de trabalho em tempo real se torna essencial, com a unidade de Tianjin sendo vista como um dos pontos focais da montadora em sua empreitada de carros autônomos.

A previsão, inclusive, é bastante palpável. Com os trabalhos do centro de desenvolvimento, a BMW pretende colocar seus primeiros veículos semiautônomos nas ruas da China já em 2021. Os carros, inicialmente, seriam da classificação L3, que ainda exige a presença de um motorista humano para assumir o controle em caso de “situações críticas”. Entretanto, em tais condições, ele assume apenas um papel de supervisão, não precisando estar o tempo todo com as mãos ao volante, por exemplo, intervindo apenas se necessário.

A China, logicamente, serve como um projeto piloto para toda a iniciativa da BMW com veículos que se dirigem sozinhos, com a experiência adquirida no mercado asiático servindo, também, para o lançamento de projetos semelhantes em outras cidades. Por outro lado, o trabalho dedicado ao país também resulta em uma expectativa de alcançar o nível 4 de autonomia rapidamente após a liberação dos veículos de categoria L3, representando mais um passo adiante para a tecnologia,

A BMW conta com um centro de análise de dados e cloud computing semelhante em Munique, na Alemanha, onde também tem sua sede. A unidade foi inaugurada neste começo de ano e também fomenta os trabalhos preliminares para a liberação de veículos semiautônomos nas ruas do país, algo que também deve acontecer em alguns anos.

Fonte: Reuters

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.