Novos carros da Ford terão sistema de frenangem automático para evitar colisões

Por Redação | 24.10.2014 às 09:31

A Ford finalmente entrou para o time de montadoras que oferecem sistemas anticolisão de frenagem automática. Montadoras como Subaru e Volvo já ofereciam carros com essa tecnologia há algum tempo e os fãs da Ford aguardavam o lançamento de um carro da marca com essas características.

Nesta quinta-feira (23), a empresa revelou que está adicionando seu próprio sistema de frenagem inteligente, chamado de Assistência Pré-Colisão com Detecção de Pedestres, como uma opção para os carros novos. O primeiro modelo com o novo sistema será o Mondeo Sedan 2015, cujo lançamento ocorrerá ainda em 2014 na Europa. Em um segundo momento, a empresa pretende estender o sistema a outros produtos da Ford e da Lincoln no mercado mundial.

O novo sistema da montadora norte-americana promete auxiliar os motoristas a evitar atropelamentos e colisões frontais - ou, pelo menos, reduzir a gravidade dos impactos. A tecnologia é familiar e deve ser suficiente para evitar ou mitigar colisões durante o dia. A combinação de uma câmera montada no para-brisa e um radar perto do para-choque ajuda a reconhecer os carros e pedestres que se aproximam. Segundo a Ford, o sistema verifica a informação numa base de dados que armazena silhuetas de pedestres para ajudar a distinguir pessoas de cenário e objetos na estrada.

O veículo avisará ao motorista sobre possíveis acidentes, bem como freará automaticamente, quando necessário, se identificar perigo iminente para o condutor.

Ford Modeo 2015

Como funciona a Assistência Pré-Colisão da Ford

Após digitalizar a estrada à frente com o auxílio da câmera e do radar, o sistema determina se um impacto é inevitável ou não. Em caso positivo, avisa o condutor usando sinais sonoros e luminosos no painel. Se o motorista não reagir, o sistema passa para um modo de “pré-frenagem” do veículo, através de um mecanismo que reduz a distância entre pastilhas de freio e discos. Se ainda assim o motorista não responder, os freios são acionados automaticamente e a velocidade do veículo é reduzida.

O novo sistema pode ajudar os motoristas a evitar colisões traseiras com outros veículos em todas as velocidades. Além disso, à luz do dia e sob condições climáticas de visibilidade normal, a novidade pode detectar pessoas que estejam na estrada, ou próximas a ela, à frente do veículo, bem como pedestres que cruzam o caminho do veículo. O sistema de detecção de pedestres pode ajudar o motorista a evitar atropelamentos quando o veículo estiver em velocidades mais baixas – o que pode ser muito útil tanto para reduzir a gravidade das colisões frontais ou até mesmo impedi-las em alguns casos.

A Ford informou que seus engenheiros testaram o sistema em pistas fechadas, utilizando manequins para replicar os pedestres. Posteriormente, eles passaram meses refinando a tecnologia em testes sucessivos em estradas pelo mundo todo.

"O teste no mundo real era uma parte importante do desenvolvimento porque os pedestres presentes em um ambiente urbano podem apresentar ao motorista uma diversidade de situações de risco em potencial", disse Scott Lindstrom, gerente do setor de Tecnologias de Assistência ao Motorista da Ford.

É excelente poder contar com essa ferramenta adicional de segurança. Contudo, cabe lembrar que o assistente não é um substituto para olhos atentos e reflexos rápidos - não ainda.