Nanotecnologia ajuda na segurança de veículos brasileiros

Por Redação | 03.10.2012 às 11:00

A empresa DNA Security trouxe para o Brasil uma tecnologia chamada DNA Dot, que usa a nanotecnologia para ajudar a melhorar a segurança dos automóveis.

O sistema funciona por meio de 7 mil micropontos, com códigos únicos e originais, instalados em diversas partes do veículo. Esses pontos permitem que o carro seja rastreado e garantem sua identificação e originalidade, ajudando a inibir furtos e roubos.

Além do quesito segurança, um estudo está sendo realizado para aplicar a nanotecnologia a outras funções para modernização dos carros como, por exemplo, vidros autolimpantes, partículas de cerâmica resistentes e vidros e plásticos mais resistentes a riscos.

"A nanotecnologia surge como uma aliada ao combate contra o roubo e furto de veículos, já que inibe um dos maiores motivadores desse tipo de crime: a venda ilegal de peças", disse Roberto Macea, gerente comercial do grupo DERKA Brasil, controlador da DNA Security.

Isso é possível, pois, após a aplicação dos micropontos, todas as informações do proprietário e do veículo serão cadastradas em um banco de dados online. Se por acaso o carro virar objeto de alguma investigação policial, esse "Cadastro Preventivo" servirá como fonte de consulta para as autoridades.

Nanotecnologia em automóveis