Carros que dispensam motoristas: veja a evolução dessa tecnologia

Por Redação | 08 de Outubro de 2012 às 12h05

Até 2040 a maioria dos veículos irá circular pelas ruas sem motorista. Essa previsão já foi realizada pelos membros do Instituto de Engenheiros Eletricistas e Eletrônicos (IEEE), uma das maiores organizações profissionais de engenharia do planeta.

O cofundador do Google, Sergey Brin, também acredita que os carros sem motoristas serão muito mais seguros do que aqueles controlados por humanos. Mas você confiaria em uma máquina para te levar para cima e para baixo em meio a esse trânsito caótico das cidades?

Conforme a BBC News ressaltou em uma reportagem, cerca de 90% dos acidentes envolvendo veículos são causados por erro humano, isso leva as montadoras de carros a crer que veículos que se 'auto-dirigem' são um ótima solução para aumentar a segurança no trânsito.

O psicólogo Dr. Graham Hole, da Universidade de Sussex, publicou alguns trabalhos sobre a psicologia na condução. Ele diz que as pessoas normalmente têm uma visão muito inflada de suas próprias habilidades, tanto que a maioria dos motoristas pensa que é melhor do que os demais.

Atualmente, um grande número de empresas está investindo em tecnologias de condução autônoma. General Motors, Volkswagen, Volvo, BMW, Audi, Mercedes e muitos outros estão em estágios bem evoluídos de desenvolvimento desse tipo de 'veículo do futuro'.

Carro autônomo

Imagem: Reprodução / BBC News

O próprio Google de Sergey possui um protótipo que envolve uma tecnologia que mescla radares, lasers e o nosso querido Google Maps para que o veículo se mova até o ponto desejado sem o auxílio de um condutor.

A Volvo, atual fabricante do carro mais seguro testado na Europa, está envolvida no projeto autônomo Sartre (Safe Road Trains for the Environment), testando um comboio de carros em uma estrada aberta - todos eles adaptados ao sistema que não precisa do auxílio do motorista. Enquanto viajam pela rodovia, os motoristas podem relaxar, ler um jornal etc.

Os carros sem motorista da empresa são controlados automaticamente, seguindo um veículo líder e interagindo sem acidentes com os demais automóveis da rodovia, que não faziam ideia do que estava acontecendo. O teste pioneiro, realizado na Espanha, foi um sucesso.

Mesmo assim, alguns psicólogos estão preocupados com a segurança absoluta de ter um computador no controle da direção. "A realidade da situação é que os ambientes de condução são muito complexos e envolvem vários tipos de decisões a serem tomadas - de níveis estratégicos a níveis operacionais da prevenção de colisão", disse o Dr. Hole.

Mas, além das questões de segurança, os profissionais também acreditam que as pessoas não estejam preparadas psicologicamente para largar o controle da situação e soltar as mãos do volante.

E você, gostaria de ter um carro autônomo?

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.