Aumenta número de casos de pilotos que têm que desviar de drones durante voos

Por Redação | 27 de Novembro de 2014 às 13h29

Cada vez mais pilotos relatam que estão se deparando com drones durante o voo. Somente no mês de outubro, 41 pilotos relataram ter visto um veículo do tipo no percurso da aeronave. O número representa uma alta assustadora quando comparado a abril deste ano, quando somente cinco relatos foram feitos.

Segundo um relatório da Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos reproduzido pela CNN, entre os dias 22 de fevereiro e 11 de novembro, foram relatados um total de 193 incidentes. Em algumas ocasiões, os pilotos precisaram alterar a rota do voo para não colidirem com os veículos aéreos não tripulados, mostrando o quão arriscado um equipamento desse tipo pode ser.

No dia 8 de novembro, um piloto disse ter visto um drone enquanto estava sobrevoando o estádio de futebol da Universidade Estadual do Arizona. Outro piloto disse que viu um deles enquanto sobrevoava a Universidade do Tennessee durante um jogo em outubro.

No dia 04 de novembro, outro piloto relatou ter visto um drone equipado com uma câmera voando a cerca de 1.800 metros de altura perto do letreiro de Hollywood em Los Angeles. Segundo o órgão regulador norte-americano, drones nesta altura e em lugares como esse são muito perigosos e podem provocar verdadeiros desastres.

Atualmente, nos EUA, os drones são legais para amadores, mas não para empresas a menos que elas recebam isenção da FAA. Voar com um equipamento desses para realizar tomadas para fins comerciais exige uma autorização especial.

Com tantos relatos surgindo por ai, a FAA espera divulgar novas regras e leis sobre a utilização de drones até o final do ano.

Fonte: http://money.cnn.com/2014/11/26/technology/drones-planes/index.html?section=money_topstories

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.