Android Auto: LG se junta ao Google para acelerar inovação em carros

Por Redação | 30 de Junho de 2014 às 14h15
photo_camera Divulgação

O Android já está no seu tablet, smartphone, TV e em breve também estará no seu carro. Durante a Google I/O na semana passada, a gigante das buscas revelou o Android Auto, uma plataforma que leva as funcionalidades do dispositivo equipado com o sistema operacional móvel direto para o painel do veículo. O software é resultado não apenas do Google, mas também da chamada Open Automotive Alliance (OAA).

Trata-se de uma iniciativa com algumas das maiores fabricantes de veículos do mundo, como Audi, GM, Honda, Jeep e Hyundai, além da fabricante de placas para computador NVIDIA, cujo objetivo é acelerar a inovação na indústria automotiva, desde o hardware até o software. Agora, chegou a vez da LG se juntar ao projeto, de acordo com um anúncio oficial feito pela empresa coreana.

Segundo a companhia, será disponibilizado a partir do ano que vem um sistema inteligente para equipar carros com o Android Auto. A plataforma permite que motoristas conectem seus gadgets – provavelmente smartphones da marca LG – com um único cabo ligado a um display sensível ao toque. O mecanismo funcionará de forma semelhante ao que foi demonstrado na Google I/O, quando um Nexus 5, que é fabricado pela LG, foi plugado ao painel do automóvel e transferiu as funcionalidades do celular para a tela.

"Como uma empresa de tecnologia de ponta com um forte negócio no mercado de telefonia móvel, a LG tem muito a contribuir para a indústria de carros conectados", disse Jong-rak Lim, vice-presidente e chefe de desenvolvimento da LG Electronics para componentes de veículos. "A LG está empenhada em reforçar sua cooperação com os parceiros da OAA para trazer veículos conectados aos consumidores mais cedo ou mais tarde", completou.

Android no Carro

O Android Auto é a grande aposta do Google para o setor automotivo. Basicamente, o mecanismo leva quase todas as funções do sistema operacional móvel para o painel do carro. Isso inclui tocador de músicas, mensagens de texto, e claro, o serviço de mapas do Google Maps. Todas essas tarefas poderão ser ativadas usando apenas os comandos de voz do Google Voice, o que garante mais praticidade e segurança para o motorista do veículo.

O projeto deve competir diretamente com o CarPlay, da Apple, que possui a mesma proposta: levar a experiência do iPhone para uma tela acoplada no próprio carro. O usuário pode fazer ligações, escrever mensagens de texto, navegar na internet, ouvir músicas por aplicativos como Spotify e iHeartRadio, acessar agenda telefônica, podcasts e realizar outras atividades por meio de um painel sensível ao toque ou utilizando comandos de voz pela Siri.

Outros anúncios da Google I/O:

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.