Relacionamento com o cliente é o principal desafio para os profissionais de TI

Por Redação | 08 de Agosto de 2015 às 09h45

As empresas que buscam trabalhar com profissionais de TI estão sempre focadas em trazer inovação para os seus projetos. Segundo um estudo realizado pela empresa de pesquisa Braun Research, o relacionamento com os clientes, quando são entendidas as suas necessidades, é o principal desafio para estas companhias.

"A TI pode prover e apoiar várias formas de inovação organizacional. As empresas já perceberam isso. Já passou da hora dos profissionais também assimilarem esta realidade", explica George Jamil, coordenador técnico da pós-graduação em Gestão e Tecnologia da Informação do Instituto de Educação Tecnológica (IETEC).

A Net Service é uma companhia que exemplifica a busca por uma união entre ambos os lados. A analista de processos da empresa, Gislayne Machado, diz que o diálogo pelos setores foi o que a motivou em se especializar com uma pós-graduação na área. "Atualmente trabalho com Governança de TI. Percebi que para executar um bom trabalho era necessário falar a mesma língua que os analistas da área técnica, daí a necessidade de ingressar em um curso que me proporcionasse esse entendimento", comenta a profissional formada em MBA em Gestão de Negócios e Tecnologia da Informação no IETEC.

Para Jamil, essa percepção é extremamente necessária para que o profissional de TI possa corresponder às necessidades da empresa. "A mútua compreensão entre gestores empresariais e seus associados gestores de TI para as funções tecnológicas é fundamental, inclusive para gerar soluções de TI que se transformem em recursos estratégicos para a organização", afirma.

O professor também comenta que é possível quantificar o quanto a proatividade do profissional de TI impacta na empresa. "Podemos pensar desde indicadores tradicionais, ligados a produtividade e finanças de uma forma geral, até mesmo através de novos parâmetros de monitoramento, como transação comercial por hora, por tipo de cliente, por negócio ou mesmo por setor. Todos eles podem ser alvo de estudos visando a melhoria da produtividade e a criação de novos planos para a empresa", relata Jamil.

A Tecnologia da Informação, além de ser usada para a melhoria da automação, pode prover e apoiar diversas outras formas de inovação organizacional, como processo, oferta a novos mercados, estruturação organizacional e imagem ao cliente final.

Outra empresa que focou na inovação é a Bartofil, que trabalha com distribuição de produtos. Daniel Bartolomeu, gerente de TI da organização e estudante de pós-graduação em Gestão e tecnologia da Informação no IETEC, comenta que através da capacitação na área e a implantação na companhia, os resultados já começaram a aparecer.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.