Québec, no Canadá, está em busca de profissionais de TI brasileiros

Por Redação | 15.09.2014 às 16:54 - atualizado em 30.06.2015 às 13:18

Se você possui formação em nível técnico ou superior na área de Tecnologia da Informação (TI) ou Engenharia da Computação, existem oportunidades promissoras para você trabalhar em Québec, no Canadá. O local é a principal província de língua francesa na América do Norte, possui o segundo maior PIB do Canadá e, mais importante, está em busca de imigrar trabalhadores.

O bom momento na economia das regiões que formam Québec fez com que o local desenvolvesse novas perspectivas para os trabalhadores. A intenção de realizar um recrutamento internacional faz parte da estratégia da região se de manter competitiva na área de alta tecnologia, incentivando profissionais de diferentes partes do mundo a trabalhar na região.

Com a valorização da área de TI na região, os salários são bem atrativos. Por ser considerada uma área estratégica, um gerente de sistemas de informática pode ganhar anualmente, com base no dólar canadense, cerca de US$ 86 mil (aproximadamente R$ 177,44 mil), um analista de informática US$ 69 mil (cerca de R$ 142,36 mil) por ano e um técnico de informática pode faturar até US$ 52 mil (em torno de R$ 107,29 mil).

Leia também: Novo modelo de imigração do Canadá favorece profissionais de TI

Os locais de trabalho também variam. São mais de 7.100 empresas em busca de profissionais, entre as quais cerca de 100 são multinacionais. É interessante também ver as possibilidades de funções que vão desde área de pesquisa e desenvolvimento até implementação de projetos. As jornadas de trabalho podem variar de acordo com a empresa, mas em sua maioria é de 40 horas semanais.

Entre os requisitos necessários para obtenção do visto de residente permanente está a formação em nível técnico, tecnólogo ou universitário, ter, preferencialmente, até 38 anos de idade, assim como experiência profissional e fluência em francês, mas o interesse em aprender a língua, que é o idioma oficial da região, também conta.

O governo não irá garantir um emprego. No entanto, ajuda na integração do imigrante, que terá possibilidades de ter aula de aperfeiçoamento do francês junto com sua família.

Caso seja aceito pelo governo de Québec no processo de seleção, o imigrante poderá continuar o aprendizado de francês em unidades parceiras da Aliança Francesa e também no Senac em São Paulo, com reembolso de até 1.500 dólares canadenses (cerca de R$ 3.100).

Para conhecer melhor as oportunidades de emprego no mercado de trabalho canadense, estão sendo realizadas durante o mês de setembro palestras em cidades como São Paulo, Florianópolis, Porto Alegre, Brasília, Belo Horizonte e Rio de Janeiro. As inscrições e informações podem ser obtidas no site oficial do programa. As palestras também podem ser assistidas online.

Fonte: IDG Now

Fonte: http://idgnow.com.br/ti-corporativa/2014/09/15/quebec-no-canada-procura-profissionais-de-ti-no-brasil-para-imigrar/