Mulheres que trabalham com TI ganham US$ 10 mil a menos que os homens

Por Redação | 19 de Agosto de 2016 às 19h05

Apesar de todo o investimento no empoderamento feminino, ainda há um longo caminho a ser percorrido, afinal, infelizmente, o mercado de trabalho continua mostrando que há grande discrepância na valorização do trabalho de homens e mulheres.

Um recente levantamento feito pelo governo dos Estados Unidos mostrou que mulheres que trabalham com TI ganham, em média, US$ 10 mil a menos anualmente que os homens que ocupam os mesmos cargos. Em números, o salário de profissionais do sexo masculino é de cerca de US$ 82,3 mil por ano, enquanto as mulheres têm rendimentos anuais de, aproximadamente, US$ 72 mil.

Além das questões salariais, o resultado da pesquisa mostra que as mulheres ocupam apenas 25% dos cargos norte-americanos na área da tecnologia, uma queda importante em comparação à década de 90, quando a taxa era de 31%.

De acordo com a pesquisa, ainda não se sabe o porquê das diferenças, mas para Victor Janulaitis, CEO da Janco Associates, as mulheres estão mais envolvidas em posições hierárquicas de destaque no setor. Segundo sua visão, as mulheres ocupam cargos de gestão, o que está além da classificação “profissionais de TI”. Para justificar seu posicionamento, Janulaitis afirma que, entre as maiores companhias dos Estados Unidos, mais de 19% dos CIOs são mulheres.

Fonte: ComputerWorld

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.