Microsoft perde um de seus principais pesquisadores de AI para o Baidu

Por Redação | 17.01.2017 às 15:51
photo_camera Divulgação

A Microsoft acabou de perder um de seus principais pesquisadores no setor de Inteligência Artificial para a gigante chinesa das buscas, Baidu. Qi Lu, considerado um veterano da indústria, comandava os esforços da empresa de Redmond para a orquestração de bots e inteligência artificial em diferentes aplicações e serviços.

Nesta terça-feira (17), no entanto, o Baidu anunciou que Lu assume a posição de chefe de operações (COO) da companhia, também responsável por parte dos esforços da empresa no setor de inteligência artificial.

"Para alcançar nossos objetivos, especialmente na inteligência artificial, que é um foco estratégico para a próxima década, precisaremos continuar atraindo os melhores talentos globais", afirmou o CEO da Baidu, Robin Li, em um comunicado. "Com o Dr. Lu a bordo, estamos confiantes de que nossa estratégia será executada sem problemas e que a Baidu se tornará uma empresa de tecnologia de classe mundial e líder mundial em AI".

Diferente da Microsoft, a empresa chinesa tem grande parte de suas receitas dependentes do crescimento de seu mecanismo de busca e publicidade – a empresa é, afinal, considerada a "Google chinesa". Nos últimos anos, no entanto, o avanço de competidores como o Alibaba Group tem levado a organização a diversificar seus negócios.

Só no ano passado, a Baidu anunciou iniciativas como um chat bot médico, um novo assistente doméstico robótico apelidado de Little Fish e também incrementou seus esforços no setor de carros autônomos. Com a chegada de Lu, a empresa agora ganha uma nova vantagem considerável no setor, principalmente frente aos adversários de seu mercado de origem.

Via: Baidu