Em quem os profissionais de TI podem confiar?

Por Colaborador externo | 30 de Agosto de 2017 às 07h37

* Por Patrick Hubbard

Confiança não se ganha, se conquista.

Tenho pensado muito nisso desde que o Relatório de tendências de TI da SolarWinds para 2017: Retrato de uma organização de TI híbrida revelou falta de confiança na era da TI híbrida entre os profissionais de TI e seus provedores de serviço de nuvem (CSP). Na verdade, a pesquisa descobriu que a maioria dos profissionais de TI brasileiros (74%) não confia muito em seus CSPs.

Essa falta de confiança é proveniente em grande parte do fato de que os profissionais de TI têm menos controle e, sem as ferramentas adequadas, menos visibilidade da infraestrutura de nuvem, mas mesmo assim aceitam os tíquetes da central de ajuda quando algo dá errado (acrescente a esse problema de controle um histórico raro, mas memorável, de grandes interrupções na nuvem pública).

Embora essa falta de controle tenha um papel importante no grau de confiança do relacionamento entre a TI e o CSP, há outro motivo para o problema: os profissionais de TI não confiam nos CSPs simplesmente porque não dominam totalmente a evolução da tecnologia. O gerenciamento de TI por contrato de nível de serviço já é extenuante o suficiente e ainda mais difícil de enfrentar quando não há nenhum diagrama na (maior parte da) caixa preta da nuvem. 

No entanto, o relacionamento de um profissional de TI com seu CSP não é apenas um relacionamento mutuamente benéfico, é um relacionamento necessário no mundo da TI híbrida em que vivemos atualmente. Para tirar o máximo proveito desse relacionamento e promover a confiança, recomendamos as seguintes práticas:

  • Educação contínua: Para muitos profissionais de TI habituados a monitorar e gerenciar a infraestrutura no local, a nuvem é um território desconhecido. Dessa forma, é crucial que os profissionais de TI obtenham conhecimento suficiente para verificar a tecnologia e ganhar confiança.
  • Visibilidade em ambientes locais e de nuvem: A capacidade de consolidar e correlacionar dados para oferecer visibilidade e insights sobre dados no datacenter e na nuvem permite que os profissionais de TI trabalhem com os CSPs de forma mais proativa para identificar e corrigir as áreas com problemas e reduzir o tempo médio até a resolução. 
  • Controle sobre o processo de tomada de decisão: Considerando a mudança no modo como a tecnologia de nuvem é vendida para as empresas, os profissionais de TI devem obter mais conhecimento para ganhar confiança e demonstrar entusiasmo com o gerenciamento. Ao obter conhecimento sobre tecnologia de nuvem, eles retomam a função de consultores confiáveis e, como resultado, a empresa os inclui em decisões de compra importantes. 

Recentemente, como uma maneira divertida de comparar a confiança que os profissionais de TI têm em seus CSPs e a confiança que têm em indivíduos ou grupos com os quais se relacionam, entrevistamos a comunidade de profissionais de TI da SolarWinds, a THWACK, para saber em quem eles mais confiam. Não foi surpresa nenhuma descobrir que eles também não confiam em meteorologistas, prestadores de serviços de saúde, vendedores de carros e taxistas, e que as pessoas em que eles mais confiam são eles mesmos, suas equipes e seus familiares.

Veja a seguir alguns comentários dos entrevistados:

"Confio totalmente na equipe de bombeiros voluntários porque ninguém mais é louco o bastante para entrar em um prédio em chamas comigo."

"Confio totalmente na minha equipe de operações de rede porque eles nunca me deixam na mão e sempre fazem um bom trabalho!"

"Confio totalmente na minha família. Ajudamos uns aos outros custe o que custar. Família é para isso."

"Confio totalmente na minha equipe de DevOps para melhorar o departamento de TI, ser mais eficiente e ajudar literalmente qualquer pessoa que tenha um problema, dia e noite."

* Patrick Hubbard é Head Geek da SolarWinds

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.