Dicas: quer comandar uma empresa internacional de tecnologia no Brasil?

Por Rodolfo Ohl | 13 de Agosto de 2013 às 14h17

As empresas de tecnologia e startups vêm ganhando um importante papel no desenvolvimento da economia de um país. No Brasil, importantes players globais, como Facebook, Twitter, Amazon, SalesForce, SurveyMonkey, Airbnb, Evernote, ZenDesk, entre outras, já têm notado o potencial do mercado nacional e estão investindo aqui para expandir os seus negócios nacionalmente e na América Latina.

Este é um bom momento e uma grande oportunidade para agarrar a chance de trazer uma empresa “gringa” ao Brasil e contribuir para o seu crescimento e expansão em solos tupiniquins. Esse é o objetivo da maioria dos country managers de startups e empresas de tecnologia estrangeiras já estabelecidas, inclusive o meu, enquanto responsável pelo aceleramento e crescimento da SurveyMonkey por aqui.

Para quem pensa em construir uma carreira no Brasil, liderando modelos de negócios de sucesso lá fora, deixo aqui algumas dicas que ajudaram na minha trajetória e contribuíram para minha experiência e desenvolvimento profissional:

1.Tenha em mente o papel e responsabilidade de ser um country manager: uma forma de empreender sem necessariamente investir seu próprio capital é se tornando country manager de empresas estrangeiras em nosso país. A realização profissional e pessoal é plena. É preciso ter consciência do peso da responsabilidade em assumir este compromisso e estar aberto e disposto a desenvolver qualquer tipo de atividade, desde as mais operacionais até as estratégicas. Na prática, é como se você fosse dono da sua própria empresa.

2.Faça uma auto-avaliação honesta: conheça seus pontos fortes e áreas de negócios que tenha experiência, interesse, ou facilidade em aprender. Isso é importante para saber qual tipo de empresa, setor ou porte está mais adequado para o seu contexto atual. Em outras palavras, a sua experiência vai definir qual tipo de desafio você pode abraçar. Por exemplo, no meu caso, eu já tinha uma vasta experiência em gestão de negócios em empresas líderes da internet quando assumi como country manager da SurveyMonkey. Há diversas possibilidades e é possível, sim, encontrar empresas que se encaixem no seu perfil e momento profissional.

3.Apareça: depois de decidir o caminho a trilhar, é hora de se fazer visível para o mercado. O primeiro passo é atualizar seu perfil profissional em redes sociais como o LinkedIn, por exemplo, e adequá-lo aos seus objetivos. Dessa forma, potenciais empresas, que já estão olhando o mercado brasileiro, podem encontrá-lo. Vale também buscar por vagas nessas redes e se candidatar a posições em que você se encaixe e atenda os pré-requisitos estipulados.

4.Pesquise e seja proativo: existem empresas que querem estar no Brasil mas não anunciam ou mesmo não pensaram a respeito ainda. Neste caso, vale a pena entrar em contato com elas. Pesquise e faça uma lista daquelas que ainda não têm investimentos no Brasil e tente falar com o principal executivo. Defina uma estratégia de abordagem para cada empresa a ser contatada, fale das suas expectativas e motivações e mostre dados claros sobre as vantagens de se investir no país.

5.Mostre que você é a pessoa certa: procure empresas que te deixem entusiasmado. Dessa forma, quando tiver oportunidade de estar cara a cara com o responsável, você vai conseguir demonstrar de forma clara e natural toda a sua empolgação em fazer parte do time. Isso pode ser um fator determinante na decisão dos executivos da empresa em lhe entregar a liderança da operação brasileira.

6.Prepare-se: ao ser chamado para uma conversa com o executivo responsável pela empresa que você almeja, dedique todo o seu tempo para entender seu funcionamento e o modelo de negócio. Estude a sua história, sua cultura organizacional, os cases, o mercado e crie estratégias que você acredita que seria benéfico para o crescimento da empresa no Brasil. Isso lhe dará mais segurança na hora de se posicionar e convencê-lo que você é a pessoa certa.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.