Estudo: diferença salarial entre homens e mulheres na área de TI chega a 77%

Por Redação | 08 de Março de 2013 às 12h20

A empresa de recrutamento Michael Page divulgou nesta sexta-feira (8), data em que se comemora o Dia Internacional das Mulheres, que a diferença salarial entre homens e mulheres no setor de Tecnologia da Informação chega a 77%, com os homens ganhando os maiores salários.

Em nenhuma das áreas profissionais analisadas pela pesquisa, as mulheres recebem o mesmo salário destinado aos homens nos mesmos cargos e divisões. Para ter uma ideia, nos cargos de gerência, com salários acima dos R$ 8 mil mensais, 72% dos contratados são homens, e em setores como varejo e seguros, os homens recebem em torno de 34% e 65%, respectivamente, a mais que as mulheres.

Outros setores onde o levantamento da Michael Page encontrou uma grande diferença salarial estão vendas, engenharia, TI, saúde, construção, advocacia, petróleo e gás com 80% dos salários femininos, em média, não atingindo os valores destinados aos profissionais do sexo masculino.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A área onde foi encontrada a menor discrepância salarial é a de recursos humanos, onde os homens recebem valores 6% maiores do que as mulheres. Além disso, esse é o setor mais feminino entre os setores analisados pela empresa de recrutamento, com 67% de participação das mulheres. E as áreas de finanças e engenharia foram as que mais contrataram em 2012, representando 41% de todas as contratações para gerência efetuadas pelos escritórios da Michael Page espalhados pelo Brasil.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.