Empresas de TI enfrentam dificuldades para contratar profissionais Linux

Por Redação | 25 de Fevereiro de 2013 às 15h40

A Fundação Linux, em parceria com a empresa de recrutamento em TI Dice, publicou nesta semana um novo relatório sobre o panorama do mercado de tecnologia da informação e, mais precisamente, da inserção do profissional especializado em Linux. Os resultados são promissores para a área, para o profissional, mas não muito para as empresas que enfrentam dificuldades na hora de encontrar um funcionário Linux.

O relatório foi desenvolvido com base nos dados coletados no último mês com 850 gerentes de contratação em empresas de TI e 2.600 profisisonais Linux. Na edição 2013 do relatório, de todos os contratadores entrevistados 93% afirmaram que têm planos para contratar um profissional com conhecimentos avançados em Linux nos próximos seis meses, crescimento significativo em comparação aos 89% registrados no levantamento de 2012.

Em contrapartida, as empresas têm enfretado problemas na hora de contratar um profissional especializado nessa plataforma, com 9 entre 10 gestores afirmando que é difícil encontrar esse tipo de funcionário no mercado - no último ano, a proporção era de 8 em cada 10 gestores que enfrentavam esse tipo de problema. E entre os profissionais Linux entrevistados, 75% afirmaram que receberam pelo menos uma proposta de trabalho nos últimos seis meses.

O Relatório de Trabalhos Linux 2013 também indicou que os administradores de sistemas são os contratantes que mais buscam esse tipo de profissional, tendência diretamente ligada ao crescimento de companhias de computação na nuvem e big data.

"A melhora na intenção de contratação do ano passado mostra que os profissionais de Linux estão em um mercado de trabalho próprio", afirmou em nota Alice Hill, diretora da Dice.com e presidente da Dice Labs. "Para os profisisonais Linux, a tendência está ao seu lado - certifique-se de que você está aproveitando as oportunidades deste mercado".

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.