A mudança no perfil do profissional de TI e o outsourcing de mão de obra

Por Colaborador externo | 15.04.2014 às 08:45
photo_camera Copyright: dotshock

Foto:dotshock/Shutterstock

*Por Noel Portugal

Extremamente técnico, curioso, inconstante e sempre em busca de inovação. Esse sempre foi o perfil do profissional de Tecnologia da Informação. Regras rígidas dentro de um modelo de trabalho “engessado”, não têm espaço para essas pessoas, que gostam, acima de tudo, de usar a criatividade para mostrar o que sabem fazer.

Mas nos últimos anos tenho acompanhado que essas características não são mais suficientes para o mercado. Hoje, as empresas têm buscado cada vez mais profissionais que contribuam também para suas estratégias de negócios e não apenas nas questões tecnológicas. Por isso, aqueles que conseguem aliar conhecimentos de TI com boas habilidades de relacionamento interpessoal e gestão serão mais valorizados.

Neste novo cenário, o profissional que deseja se destacar em sua carreira ainda deve ter a capacidade de sair da zona de conforto para se relacionar com clientes, fornecedores e parceiros, e só assim compreender mais a fundo os processos de negócio da empresa em que atua, aplicando-os no ambiente de TI para gerar resultados que impactem positivamente no desempenho da corporação.

Todas essas mudanças têm causado um verdadeiro apagão de mão de obra no setor. É quase uma raridade achar profissionais que aliem conhecimentos de tecnologia com as habilidades que citei acima. Neste sentido, optar por empresas especializadas em encontrar no mercado profissionais já prontos e qualificados para o cargo que apresentem este perfil vêm ganhando muito espaço.

Ao delegar essa função, é possível economizar tempo e dinheiro, podendo se concentrar em questões mais estratégicas para o negócio. Mas para que essa opção seja realmente eficiente é necessário contar com fornecedoras especializadas nesse serviço, que oferecem não só um banco de currículos, processos e testes sofisticados de entrevistas, como também uma equipe de especialistas altamente capazes e preparados para lidar com os desafios de recrutar profissionais em um mercado cada vez mais escasso em conhecimento especializado.

A mudança no perfil do profissional de TI tem ampliado de forma significativa o interesse no outsourcing de mão de obra e este mercado tende a crescer na mesma velocidade da evolução desses profissionais. Por isso, as empresas que enxergarem primeiro os benefícios de contar com serviços que suportam suas necessidades de contratação, sairão na frente e se tornarão mais competitivas.

* Noel Portugal diretor de Marketing e Vendas da Emphasys IT Services.