5 dicas que podem o ajudar a falar melhor em público

Por Redação
photo_camera http://www.muypymes.com/wp-content/uploads/2015/04/micros.jp

Seja apenas uma simples apresentação para os colegas de trabalho ou um workshop corporativo, algumas pessoas têm verdadeiro pavor de subir ao palco para discursar em público. Para amenizar um pouco essa situação, alguns conselhos mais tradicionais vão desde imaginar o público "sem roupa" até praticar ou tentar manter contato visual com sua audiência.

Mesmo sendo práticas, nem sempre essas dicas são suficientes para diminuir o nervosismo dos oradores. Por isso, preparamos uma lista completa com cinco artifícios que podem ajudar a superar, ou pelo menos amenizar, o medo de falar em público.

1

1. Foque no que deseja passar ao público, e não em você mesmo

Mesmo que pense que é você que está no foco principal, o importante é se dedicar ao discurso, ou apresentação. Em geral, você mesmo preparou os tópicos e ensaiou muito antes de chegar ao dia fatídico. Sendo assim, tente esquecer de você. Foque somente no que o seu discurso pode acrescentar para sua audiência.

Quando a ênfase passa de você para a mensagem proposta, o discurso final tem tudo para ser melhor e menos angustiante. Seguindo essa dica, você acaba prestando menos atenção no que as pessoas estão pensando sobre você, e assim acaba apresentando o seu texto ou discurso melhor. Aliás, focar menos na perfeição e mais na autenticidade ajuda bastante, e também pode soar mais natural do que uma apresentação totalmente ensaiada.

Geralmente, é assim que discursos interessantes nascem e agradam mais o público.

2. Tente conhecer como os seus medos refletem no seu corpo

Mesmo meditando, praticando ou se imaginando no palco semanas antes de apresentar o seu discurso, você provavelmente vai sentir medo. Minutos antes de subir ao palco, a adrenalina já vai estar pulsando pelo seu corpo. É nesse momento que é importante tentar conseguir manter o controle; dessa forma, é possível evitar transformar toda a sua apresentação em mais uma daquelas situações embaraçosas.

Na verdade, tentamos curar o "medo de ter medo" antes mesmo de centenas de pessoas focarem suas atenções em nós. O problema, é que, na maioria dos casos, essa prática não costuma funcionar muito bem. No fim, subimos ao palco ainda em pânico, muitas vezes fazendo o possível para não desmaiar ou gaguejar. Desse jeito, mesmo que o discurso em si não seja ruim, toda a situação fará sua avaliação pessoal ser ruim.

Em vez de gastar muito tempo se preparando, tente conhecer os sintomas que o medo de falar em público gera. O que acontece quando você começa a sentir medo? Você acaba falando rápido demais? Fica distraído? Sente vontade de vomitar? Busque maneiras de identificar as reações que esse medo causa em seu corpo. O ideal é tentar combater uma a uma separadamente.

3. Seja proativo

Alguns executivos de grandes empresas se sentem melhor praticando exercícios antes de discursarem em algum evento ou reunião importante. O que de fato funciona: queimar calorias ajuda a baixar os níveis de adrenalina e pode ser mais uma ferramenta que pode ser utilizada para acalmar seu nervosismo e te deixar mais confiante.

Outra dica que pode funcionar, é tentar transformar o nervosismo em excitação. Esse simples processo faz o seu cérebro mudar um pouco o reflexo da situação que gera o estresse, o que pode acabar te acalmando. Essa mesma estratégia é utilizada, por exemplo, por atletas profissionais antes de grandes competições.

Ninguém melhor do que você mesmo para avaliar o que funciona melhor ou não. Tente planejar atividades confortáveis alguns dias ou horas antes de ter de se apresentar em público.

4. A plateia não será composta apenas por rostos amigáveis

Entre os mais atentos e sorridentes, inevitavelmente você terá de lidar com pessoas que parecem querer que a sua apresentação acabe o quanto antes. Mesmo falando para 40 ou 400 pessoas, é bastante comum ter de encarar alguns rostos nada amigáveis no meio da plateia. Seja apenas por falta de paciência, ou desinteresse, infelizmente não temos como controlar a reação de todos dependendo de qual é o assunto abordado.

A recomendação é tentar se concentrar na parte do público mais interessada e nos rostos sorridentes, afinal de contas perder muito tempo tentando ganhar o interesse dos impacientes pode acabar te distraindo e minando toda a sua energia e concentração.

5. Não tenha medo de levar uma "cola"

Para ser sincero, quem adora passar algumas horas do dia ouvindo apresentações no PowerPoint? Claro, é muito importante estar preparado para fazer uma boa apresentação, seja ela qual for. Mas fique atento, pois ficar apenas lendo notas repetidamente não vai fazer com que sua audiência se conecte ou absorva o que você está dizendo.

Uma sugestão é dividir todo o assunto em pequenos tópicos em diferentes slides em sua apresentação. Além disso, pode ser uma boa ideia preparar uma folha de papel com as informações mais importantes que você deve passar adiante. Assim, mesmo no meio da apresentação caso esqueça alguma coisa importante, confira sua cola e volte a abordar o assunto normalmente.

Caso nunca tenha discursado em público antes e esteja esperando pela "hora certa" de desafiar a si mesmo, saiba que não existe essa hora certa. Caso tenha a oportunidade de falar sobre um assunto que você goste em alguma conferência de seu interesse, ou mesmo algum evento local que gostaria de apresentar, tente entrar em contato com a organização desses eventos demonstrando o seu interesse em participar como orador(a). Seguindo as dicas que passamos até aqui, nem mesmo o medo de discursar vai impedir que você faça uma boa apresentação.

Via: The Muse